Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

5 pessoas da mesma família são presas e investigadas por suspeita na morte de criança de 3 anos

Data: / 301 views
5 pessoas da mesma família são presas e investigadas por suspeita na morte de criança de 3 anos

Elas foram indiciadas pela polícia por maus-tratos, lesão corporal e tortura de Victor da Cruz, que seria parente delas. E são investigadas por morte de menino em 30 de dezembro em Parelheiros

Cinco pessoas da mesma família foram presas e são investigadas por suspeita de envolvimento na morte de uma criança de 3 anos de idade na Zona Sul de São Paulo. Elas foram indiciadas inicialmente pelos crimes de maus-tratos, lesão corporal e tortura de Victor Adriano Pereira da Cruz, que seria parente delas.

As informações foram confirmadas nesta sexta-feira (3) ao G1 pela assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

No dia 28 de dezembro de 2018, o menino foi levado por familiares ao Hospital de Paralheiros, segundo a investigação policial. Ele chegou machucado e morreu dois dias depois, em 30 de dezembro.

 

A suspeita dos médicos foi de que a morte teria ocorrido em decorrência de agressões que a vítima sofreu. Eles então acionaram a polícia, que prendeu dois parentes em flagrante e pediu à Justiça a prisão preventiva de mais três familiares.

O grau de parentesco dos presos com a criança e seus nomes não foram informados.

De acordo com nota divulgada pela comunicação da Segurança Pública, a Polícia Civil aguarda o resultado do laudo necroscópico no garoto para concluir o inquérito.

A Polícia Civil informa que cinco pessoas, familiares da vítima, estão presas. Três deles foram presos em flagrante, e os outros dois em decorrência de um pedido de prisão preventiva. Ambos foram indiciados por maus-tratos, lesão corporal e tortura. Não há registros anteriores relacionados a maus-tratos contra a vítima. A autoridade policial aguarda o resultado do laudo necroscópico para concluir o caso”, informa a pasta da Segurança.

O caso foi registrado no 101º Distrito Policial (DP), Jardim das Imbuías, mas será investigado pelo 25º DP, Paralheiros. Victor nasceu em 27 de março de 2016. Ele faria 4 anos neste ano.

- TV Globo e G1 SP — São Paulo -  

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados