Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Acidente entre van escolar e carreta causa morte de adolescente

Data: / 752 views
Acidente entre van escolar e carreta causa morte de adolescente

Motorista levava alunos às escolas, quando perdeu o controle do veículo ao desviar de um cachorro e bateu em um caminhão estacionado, segundo a Polícia Militar

Um grave acidente entre uma van escolar e um caminhão foi registrado na manhã desta terça-feira (28), em Dracena. Segundo as informações da Polícia Militar, uma adolescente, de 14 anos, morreu em decorrência dos ferimentos sofridos por causa da colisão.

 
Adolescente de 14 anos morreu após acidente (Foto: Reprodução/Facebook)Adolescente de 14 anos morreu após acidente (Foto: Reprodução/Facebook)
 

De acordo com a PM, pela manhã a van escolar recolhia alunos para levar às escolas, quando pelo Conjunto Habitacional Emílio Zanata, na Rua Cezariano Scaliante, houve a colisão.

O motorista de 28 anos que conduzia o veículo escolar relatou, conforme a PM, “que foi desviar de um cachorro, perdeu o controle e bateu numa carreta bitrem estacionada”.

A adolescente Maria Clara Antoniazzi, que estava na frente como passageira da van, morreu.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima chegou a ser socorrida pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos.

O motorista não se feriu.

 

Registro oficial

 

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Civil, o motorista da van escolar seguia pela Rua Cezariano Scaliante, no sentido Dracena-Jaciporã, quando, ao desviar de um cão, atingiu o veículo em um reboque que estava estacionado na via pública.

Com o fato, a adolescente, que ocupava o banco dianteiro ao lado do motorista, sofreu graves ferimentos e morreu.

Segundo o registro, no interior da van também havia um jovem de 16 anos, que é deficiente intelectual e que sofreu lesões de gravidade não informada, e outra estudante, que não foi qualificada no documento, pois não sofreu ferimentos.

"Na força do embate, o veículo reboque foi arrastado por cerca de 90 centímetros. O reboque estava sem o 'cavalo-trator' e estacionado na contramão de direção", diz o Boletim de Ocorrência.

O condutor da van escolar foi autuado em flagrante e, em razão da ação qualificadora, a autoridade policial não arbitrou fiança. Ele tambpem foi submetido ao teste do bafômetro, que constou negativo para ingestão de bebida alcóolica.

A van escolar foi apreendida para ser submetida ao exame do tacógrafo.

 
Van envolvida em acidente fatal foi apreendida pela Polícia Civil (Foto: Mariana Gouveia/TV Fronteira)Van envolvida em acidente fatal foi apreendida pela Polícia Civil (Foto: Mariana Gouveia/TV Fronteira)

 

Prisão

Segundo informações do delegado Feres Cury Karan, da Polícia Civil, o motorista foi preso e autuado em flagrante por homicídio culposo na direção de veículo automotor. Além disso, a natureza do caso possui qualificadoras, pois o homem estava no exercício da profissão.

“Quem faz transporte escolar deve ter a atenção redobrada enquanto dirige”, disse a autoridade policial ao G1.

De acordo com o delegado, não foi arbitrada fiança neste caso porque a eventual pena ultrapassa quatro anos de prisão. O motorista, ainda conforme Karan, será apresentado em audiência de custódia na Justiça nesta quarta-feira (29).

Procurada pelo G1, a Prefeitura de Dracena informou que não vai se manifestar sobre a situação da van e do motorista. Segundo o Poder Executivo, só serão levantados os dados se houver solicitação por parte da Polícia Civil.

 

'Todos estamos chocados'

A diretora da Escola Estadual Nove de Julho, Lúcia de Fátima, disse ao G1 que a vítima era estudante do 9º ano e que, diante da fatalidade, os professores conversam com os alunos na unidade de ensino.

Além disso, os pais que possuem disponibilidade estão buscando os filhos na escola.

“Todos estamos chocados com o que aconteceu. Permanecemos em momento de diálogo e muita oração”, disse a diretora ao G1.

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados