Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Amarelinhos da CET vão usar Chilli Beans e dirigir Mitsubishi

Data: / 314 views
Amarelinhos da CET vão usar Chilli Beans e dirigir Mitsubishi

Com ajuda do setor privado, Prefeitura anunciou novo uniforme dos agentes de tráfego, além da doação de carros, motos e óculos para programa Marginal Segura

Em sua página oficial no Facebook, o prefeito de São Paulo, João Doria, publicou vídeo anunciando a doação de veículos, uniformes e até mesmo óculos para os agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

A doação tem como foco o programa Marginal Segura, que prevê série de ações de melhoria da segurança nas marginais.

O novo uniforme dos agentes foi produzido e doado pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit) e suas parceiras. Até pouco tempo chamados de “marronzinhos”, os agentes da CET receberam o apelido de “amarelinhos” e novas roupas, para serem visualizados com mais facilidade pelos motoristas. A publicação explica que “os uniformes foram feitos para trazer mais segurança e conforto térmico”.

Os óculos que serão usados pelos agentes foram doados pela Chilli Beans. No total, a Mitsubishi Motors doou 10 veículos, chamados de Anjos. Além disso, a montadora, de acordo com o prefeito, fará a manutenção dos veículos por quatro anos, incluindo troca de pneus e assistência técnica gratuita. Também foram doadas 20 motocicletas, pela Yamaha e pela Honda, e oito ambulâncias, de acordo com a publicação de Doria.

A partir de 20 de fevereiro, a Secretaria de Gestão da Prefeitura passou a aceitar doações de pessoas físicas ou jurídicas com o objetivo de “viabilizar as melhorias necessárias ao desempenho das atividades de prestação dos serviços ao cidadão, com redução de gastos, aumento de eficiência, transparência e participação social, otimizando os gastos de recursos públicos e viabilizando projetos”.

Desde então, doações têm sido feitas por meio de repasses de bens, como no caso do Marginal Segura, e em serviços, como a limpeza da Ponte Estaiada e a reforma dos banheiros do Parque do Ibirapuera, por exemplo.

VEJA.com

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados