Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Após confessar crime milionário, Sueli é finalmente levada para presídio feminino

Data: / 474 views
Após confessar crime milionário, Sueli é finalmente levada para presídio feminino

"Desvio pode chegar a R$ 10 milhões", diz delegado sobre ex-tesoureira

Durou nove horas o interrogatório da funcionária pública Sueli Feitosa aos delegados Renato Mardegan, Valdir Alves de Oliveira e Isabel Bertoldo, na sede da Central de Polícia Judiciária de Santa Cruz do Rio Pardo. Acusada de ter desviado milhões dos cofres da prefeitura, onde trabalhava como tesoureira, Sueli foi presa na manhã desta quarta-feira, 8, após uma negociação do advogado para a apresentação da foragida. A funcionária confessou o desfalque, mas ainda reluta em citar nomes de outros envolvidos. “Teve momentos em que ela pensou muito antes de responder”, contou o delegado Renato Mardegan na noite desta quarta-feira, 8.

A polícia preferiu não informar os detalhes do depoimento de Sueli, mas sabe-se que a funcionária garantiu que começou a desviar dinheiro público somente a partir de 2008, na gestão do ex-prefeito Adilson Mira (PSDB). A polícia, porém, tem provas que comprovam um aumento patrimonial da família a partir de 2001, quando Mira iniciou seu governo. Ela confirmou que os desvios continuaram nas administrações de Maura Macieirinha (PSDB) e Otacílio Assis (PSB).

Segundo apurou o jornal, em dado momento a funcionária admitiu que se apropriou de recursos da prefeitura porque teria “sobrado muito dinheiro na conta” da municipalidade.

Todo o interrogatório foi filmado. “Vamos agora trabalhar com as entrelinhas e com as informações que temos. Ela insiste em dizer que o desvio começou em 2008, mas nós temos provas nos autos que comprovam o crime a partir de 2001”, contou o delegado Renato Mardegan.

O advogado Antonio Godoy Maruca disse que vai estudar a proposta de “delação premiada” feita pelo Ministério Público. Neste caso, Sueli deverá apontar possíveis envolvidos no esquema criminoso. “A proposta foi feita, mas ainda vou pensar”, revelou Maruca. Ele anunciou que vai conversar nesta quinta-feira, 9, com o promotor Reginaldo Garcia para acertar detalhes da delação.

Se o acordo for fechado, é possível que Sueli Feitosa comece a revelar outros beneficiários do esquema criminoso. O delegado Renato Mardegan não descarta a possibilidade da Polícia Civil ouvir novamente Sueli “pelo menos mais duas ou três vezes”. Segundo ele, a defesa “deveria ter abraçado imediatamente” a proposta da delação premiada feita pelo promotor Reginaldo Garcia.

“Ela pediu perdão e eu a alertei para repensar todos os seus atos. E ela saiu de Santa Cruz do Rio Pardo com a ideia de que vai pedir novamente nossa presença para um novo depoimento”, afirmou o delegado.

Sueli Feitosa deixou a sede da Polícia Judiciária às 22h. Ela foi colocado num carro da polícia, algemada e transportada para o presídio feminino de Pirajuí.(Jornal Debate e Repórter na Rua) Após confessar crime milionário, Sueli é finalmente levada para presídio feminino

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados