Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Babá é presa por suspeita de furto de R$ 600 mil em joias

Data: / 434 views
Babá é presa por suspeita de furto de R$ 600 mil em joias

Raquel Viana é suspeita de cometer o crime em Vila Velha e foi presa na Paraíba. Polícia Civil do Espírito Santo disse que ainda não há previsão para a chegada dela ao estado.

O casal que teve R$ 600 mil em dinheiros e joias furtados aguarda a transferência da suspeita do crime, que foi presa na Paraíba, para o Espírito Santo. Nesta sexta-feira (12), a Polícia Civil informou que ainda não há previsão para a chegada da mulher ao estado.

Raquel Viana dos Santos, de 25 anos, foi presa na noite desta quinta-feira (11) em Mamanguape, na Paraíba. Ela estava sendo procurada desde o dia 11 de novembro de 2017, suspeita de furtar R$ 600 mil em joias e dinheiro de um casal de Vila Velha, para quem trabalhava como babá.

Nas redes sociais, a mulher vítima da babá comemorou a prisão. Quando o furto aconteceu, ainda em novembro, a vítima tinha feito uma postagem relatando o crime e denunciando Raquel.

Nesta sexta-feira, nos comentários, um homem se identificou como policial da Paraíba e comunicou a prisão. Em resposta, a vítima comentou: "Glória a Deus!!! Deus é fiel!!! Muito obrigada".

A mãe dela também comemorou a prisão: "Minha filha e meu genro passaram os piores dias da vidas deles. Além de vários problemas de saúde na família".

O G1 tentou contato com as vítimas nesta manhã, mas as ligações não foram atendidas.

Prisão

Segundo a polícia da Paraíba, Raquel foi encontrada após comemorar o roubo em um motel da cidade. Ao pagar a conta, ela deixou R$ 100 de gorjeta. Os funcionários desconfiaram e telefonaram para a Polícia Militar, que logo depois abordou o carro onde a suspeita e os amigos estavam.

Dentro do carro, tinham R$ 56 mil, uma pistola e joias. A prisão foi um trabalho integrado entre as polícias da Paraíba e do Espírito Santo.

Imagens da câmera de segurança do prédio onde Raquel trabalhava mostram a mulher saindo do prédio carregando uma mochila com o cofre dentro. Mais tarde, ela é vista na rua com a mesma mochila.

Em depoimento à polícia, Raquel disse que já gastou a maior parte do dinheiro e que comprou um carro, uma moto e um filhote de cachorro.

"Sou uma pessoa que não me arrependo do que faço. Espero pagar (a pena) tranquila. Não tem 'BO' para mim não. Fazer o que?", ironiza Raquel.

Vítima comemora prisão

 

 

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados