Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Bombardeiros dos EUA sobrevoam Coreia do Norte para demonstrar força

Data: / 131 views
Bombardeiros dos EUA sobrevoam Coreia do Norte para demonstrar força

Exercício militar acontece no 72º aniversário do partido de Kim Jong-un, que nesta semana reiterou o plano de fortalecer o armamento nuclear; regime ainda não respondeu à ação americana

WASHINGTON -  Seis aviões militares, entre eles dois bombardeiros norte-americanos, sobrevoaram a penísula norte-coreana em uma demonstração de força ante Pyongyang. Na noite de terça-feira, 10, Estados Unidos, Japão e Coreia do Sul realizaram, em conjunto, exercícios militares.

As Forças Aéreas do Pacífico dos Estados Unidos (PACAF) informaram que os aviões bombardeiros B-1B fizeram voos estratégicos sobre a costa oriental do território controlado por Kim Jong-un. À tropa americana se uniram um avião de combate F-15K da Coreia do Sul e dois aviões F-15, da força militar japonesa. Os aviões saíram da ilha de Guam, no Oceano Pacífico, entre Coreia do Sul e Japão.

 

Exercício Militar EUA/JAPÃO/COREIA DO SUL
Avião bombardeiro dos EUA parte da ilha japonesa de Guam em um exercício militar de demonstrações de força antes a Coreia do Norte. Foto: Joshua Smoot/AFP

 

"Treinar e praticar ações de voo durante a noite com os aliados e de maneira segura e eficaz é uma capacidade compartilhada entre Estados Unidos, Japão e a Coreia do Sul. Também, evidencia e nos mostra a nós mesmos as técnicas de pilotagem de cada país", disse Patrick Applegate, do Centro de Operações Aéres estadunidenses 613. "Esta é uma demonstração do nosso potencial para realizar operações sem interrupções e juntos a nossos alidados, em qualquer lugar". 

O exercício acontece exatamente na data do 72º aniversário do Patrido dos Trabalhadores da Coreia, do qual o ditador Kim Jong-un é líder. Até a madrugada desta quarta, 11, Pyongyang não  havia respondido à ação. 

 

Exercício Militar EUA/JAPÃO/COREIA DO SUL 2
Aviões B-1B e F-15K sobrevoam a península norte-coreana. Foto: Soutk Korean/Defense Ministry

 

Enquanto isso, no território norte-americano

Nesta semana o presidente Donald Trump se reuniu com sua equipe de segurança, da qual ouviu alugmas opções para seguir respondendo às ameaças e ações da Coreia do Norte.  Segundo a Casa Branca, na reunião discutiu-se medidas para responder a quaisquer formas de agressão e, caso seja necessário, impedir novas ações nucleares da Coreia do Norte. 

O presidente americano tem prevista uma viagem à Asia em novembro, quando deve visitar Japão, Coreia do Sul, China, Vietna e Filipinas. Trump considera visitar regiões froteiriças entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte. Ele deve ir à zona desmilitarizada, que também já fo visitada por outros presidentes norte-americanos. 

EFE, O Estado de S.Paulo - 11 Outubro 2017 | 04h02

 

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados