Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Butantan estuda sangue de pacientes curados para criar plasma

Data: / 235 views
Butantan estuda sangue de pacientes curados para criar plasma

A intenção, de acordo com Dimas Tadeu Covas, é criar um plasma hiperimune capaz de diminuir os efeitos do coronavírus em pessoas infectadas

Na foto, diretor Dimas Tadeu Covas (Instituto Butantan) - Reprodução Record TV

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, detalhou à Record TV o estudo de plasma sanguíneo de pacientes curados do novo coronavírus. A intenção, de acordo com o médico, é criar um plasma hiperimune capaz de diminuir os efeitos da doença em pessoas infectadas.

“É retirar o plasma de indivíduos convalescentes, indivíduos que tiveram a doença do coronavírus, mas que se recuperaram e estão normais. Mas no seu sangue existem anticorpos que vão agir contra o coronavírus”, argumenta.

Leia mais: Brasil tem 136 mortes por Covid-19; número de casos chega a 4.256

“Então, você tira o plasma desses pacientes e aplica em pacientes graves, que estão na UTI e entubados”, acrescenta Covas.

De acordo com o diretor do Instituto Butantan, existem três centros no Estado de São Paulo que estão se organizando para que a medida seja viável o mais rápido possível.

- R7 - 

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados