Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Cabeleireiro mata o próprio irmão a facadas

Data: / 334 views
Cabeleireiro mata o próprio irmão a facadas

Crime aconteceu em Bauru, no dia do aniversário da mãe

Um cabeleireiro de 22 anos matou o próprio irmão a facadas na noite de sábado (14), em Bauru. Davi Linhares Neves foi preso em flagrante acusado de homicídio qualificado, por motivo fútil.

Conforme consta no boletim de ocorrência (BO), a Polícia Militar (PM) foi acionada para atender uma briga entre os irmãos em uma residência situada no Parque Fortaleza, na região da Vila Independência.

Em seguida, chegou a informação de que um dos envolvidos teria esfaqueado o outro na quadra 1 da rua Colômbia, no Jardim Terra Branca.

Porém, quando a corporação chegou ao local, nada encontrou, e decidiu partir para o endereço onde ocorreu a briga, na Vila Independência. Não havia ninguém na casa.

Novas informações chegaram via rádio, de que um homem esfaqueado, o ajudante geral Valdir Linhares Neves, de 27 anos, deu entrada no Pronto-Socorro Central (PSC) e o autor do crime seria o seu irmão. A polícia soube, ainda, que a vítima morreu na unidade de saúde.

O próximo passo foi buscar pelo suspeito, cuja mãe passou a descrição das características físicas, como roupa e tatuagens.

Davi foi encontrado na quadra 25 da rua Felicíssimo Antônio Pereira, no Jardim Eugênia. Questionado, ele assumiu que brigou com o irmão, mas não disse o motivo.

Ainda segundo o BO, Davi afirmou que estava com duas facas e pegou uma delas para ferir Valdir, na região do peito. Em seguida, correu para o outro lado da rua, onde abandonou os objetos e fugiu.

As facas foram encontradas e apreendidas. Já o suspeito foi preso em flagrante. Além disso, o delegado plantonista Frederico José Simão representou por sua prisão preventiva.

- JC - Por Cinthia Milanez

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados