Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Confronto entre traficantes e PM deixa 17 mortos em Manaus

Data: / 328 views
Confronto entre traficantes e PM deixa 17 mortos em Manaus

Segundo Secretaria de Segurança Pública, grupo estaria se preparando para atacar organização criminosa rival

Moradores divulgaram nas redes sociais vídeos da ação policial em Manaus - Foto: Reprodução / Estadão

MANAUS - Dezessete supeitos de integrar uma facção criminosa, ainda não identificados, foram mortos durante confronto com a Polícia Militar entre a noite de terça-feira, 29, e madrugada desta quarta-feira, 30, no bairro Crespo, na zona sul de Manaus. Nenhum policial ficou ferido.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), os suspeitos se preparavam para matar membros da organização rival, com objetivo de tomar o controle de um ponto de venda de drogas.

A Operação se iniciou por volta das 22 horas e se estendeu até as 3 horas. A Polícia Militar foi acionada para a ocorrência após denúncias recebidas pelas Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) de que um grupo de 50 homens, que seriam da FDN, chegaram armados ao Beco Becil, em um caminhão-baú, para atacar um grupo do Comando Vermelho.

"Nós deslocamos equipes, e a Força Tática, ao chegar no local, teve uma primeira troca de tiros. Houve uma intervenção policial, viaturas da Rocam e as forças especiais, Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) e Comando de Comando de Policiamento da Área Sul (CPA-Sul) tiveram que se deslocar como apoio especializado e atuaram na ocorrência com êxito", informou o comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas, coronel Ayrton Norte. "Nós chegamos para preservar vidas e aplicar a lei, mas infelizmente eles quiseram ir para o confronto."

Na operação, foram apreendidas 17 armas, entre pistolas, revólveres e uma submetralhadora Uzi.

Os feridos chegaram a ser socorridos e encaminhados ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na zona sul, mas não resistiram aos ferimentos. Os outros conseguiram escapar e não foram identificados.

Familiares dos mortos estão no Instituto Médico Legal (IML) para fazer o reconhecimento. Até o momento, a identidade dos envolvidos não foi divulgada.

- TERRA - Thaise Rocha - 30 OUT2019 - Atualizado às 11h50

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados