Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Coronavírus: Itamaraty vai repatriar brasileiros que estão na China

Data: / 199 views
Coronavírus: Itamaraty vai repatriar brasileiros que estão na China

Mais cedo, um grupo de brasileiros publicou um vídeo pedindo ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro Ernesto Araújo ajuda para retornar ao país

O governo brasileiro anunciou, na tarde deste domingo (2/2), que vai trazer de volta para o país todos os brasileiros que estão confinados em Wuhan por conta do surto do coronavírus. A operação de repatriação desse grupo já está sendo planejada pelos ministérios da Saúde, Defesa e Relações Exteriores. 

Mais cedo, um grupo de brasileiros publicou um vídeo pedindo ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro Ernesto Araújo ajuda para retornar ao país.  

Entre homens, mulheres, adultos e crianças, cerca de 15 brasileiros aparecem no vídeo lendo trechos de uma espécie de carta-aberta, na qual eles lembram as operações de evacuação já feitas por outros países, como Alemanha e Estados Unidos, e dizem estar dispostos a passar pelo período de quarentena fora do território chinês. Ao longo dos seis minutos de vídeo eles também apontam a colaboração logística que o governo chinês tem oferecido a essas operações. 

Em nota, o Itamaraty disse que "governo brasileiro adota todas as medidas necessárias para trazer de volta ao Brasil os cidadãos brasileiros que se encontram na província de Hubei, especificamente na cidade de Wuhan, na China, região de origem da epidemia do coronavírus".

O Ministério da Saúde vai cuidar da quarentena a que esses brasileiros devem ser submetidos quando chegarem ao país. Já o Ministério da Defesa prepara o plano de voo da aeronave, possivelmente fretada, que vai fazer o traslado desses brasileiros. E a Embaixada do Brasil em Pequim vai prestar as informações necessárias e organizar os procedimentos cabíveis para garantir a saída do grupo da China. 

"Os detalhes da operação, que está sendo planejada, serão informados posteriormente", garantiu o Planalto. 

Na mesma nota, o governo informou que duas brasileiras que se encontravam em Wuhan já conseguiram sair da China. Elas também possuem nacionalidade portuguesa e, por isso, embarcaram um voo francês que resgatou cidadãos da União Europeia de Wuhan. As duas farão a quarentena em Portugal. 

- Correio Braziliense - postado em 02/02/2020

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados