Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

CUIDADO! GOLPE EM FAMILIARES DE PACIENTES HOSPITALIZADOS

Data: / 234 views
CUIDADO! GOLPE EM FAMILIARES DE PACIENTES HOSPITALIZADOS

Em 2017, já foram registrados quatro boletins de ocorrência em Bauru. Falsos médicos ligam pedindo depósito para agilizar exames

Estelionatários estão se passando por médicos para tirar dinheiro das famílias de pessoas internadas em UTIs na região de Bauru (SP). Eles ligam, pedem um depósito para agilizar exames, mas na verdade é um golpe. Em 2017, já foram registrados quatro boletins de ocorrência em Bauru. A Polícia Civil já está investigando caso.

“Nós não sabemos qual a dimensão da tentativa ou aplicação desse golpe na cidade de Bauru. Com a elaboração dos B.O.s nós conseguimos começar as investigações para rastrear os celulares e as contas correntes que foram passadas para que fossem depositadas o dinheiro das vítimas”, explica o delegado Ricardo Martines.

Uma vítima, que não quer se identificar, está com o irmão internado no Hospital Estadual de Bauru. Ela conta que recebeu a ligação de um suposto médico pedindo dinheiro pra um exame. “Do nada ligou no meu celular uma pessoa se identificando como Dr. Castilho e que necessitaria fazer uns exames de alto custo. Que havia solicitado pelo SUS e que demoraria de 8 a 10 dias para que esse exame fosse feito. E se eu pagasse particular e se eu autorizasse fazer, esse exame sairia em no máximo dois dias.”

Ela só desconfiou que poderia ser um golpe porque é funcionária de outro hospital em Bauru e recentemente, enquanto estava no horário de trabalho, recebeu outra ligação suspeita. “Se identificou, falou, olha, eu sou o Dr. Marcelo e estou aqui com a Dra. Simone e nós não estamos tendo acesso ao prontuário online dos pacientes da UTI. Nós gostaríamos se você pudesse passar pra gente a relação dos pacientes que estão na UTI. Ai eu informei, falei que não tenho acesso, não tenho como passar, teria que ligar diretamente na UTI.”

Em um áudio gravado por outra vítima, ela pede para entregar o dinheiro do exame pessoalmente, mas o falso médico diz que não é possível.

Vítima: Dr Eduardo, tem condições de levar o dinheiro em mãos pro senhor?
Falso médico: Olha meu querido, porque não sou eu que estou recebendo esses valores em mãos
Vítima: Então vê a clínica, eu levo em mãos
Falso médico:Sim, mas não sou eu que estou recebendo. O pessoal me pediu para fazer dessa forma. Se o senhor não quer fazer não tem problema também.

A equipe de serviço social do hospital garante que todos os serviços são feitos pelo Sistema Único de Saúde e portanto, não são cobrados.

“Jamais o hospital vai entrar em contato com nenhuma família solicitando nenhum pagamento. O que acontece é que esses golpistas usam da situação, da fragilidade da família, para tentar conseguir qualquer tipo de benefício financeiro”, explica a supervisora do serviço social do hospital social de Bauru Rosana Gimenes. (G1)

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados