Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Funcionário de circo é preso suspeito de esfaquear trapezista

Data: / 224 views
Funcionário de circo é preso suspeito de esfaquear trapezista

Suspeito foi encontrado no estacionamento de um hipermercado. Ele, que é cunhado da vítima, era procurado por dívida de pensão, informou a polícia; vítima de 23 anos foi levada em estado grave ao pronto-socorro

Funcionário de circo é preso suspeito de esfaquear trapezista em Bauru — Foto: Polícia Militar/Divulgação

O eletricista de um circo que está em Bauru (SP) foi preso em flagrante suspeito de esfaquear um trapezista, cunhado do suspeito, na noite de sexta-feira (29), após o espetáculo.

Segundo o registro da Polícia Civil, a equipe foi acionada para atender uma ocorrência de tentativa de homicídio na Rua Henrique Savi, dentro do circo que está na cidade.

Os policiais receberam a informação de que a vítima já havia sido levada ao pronto-socorro e, durante patrulhamento na região, encontrou o suspeito no estacionamento de um hipermercado próximo ao local. Ele ainda estava com a camiseta do circo, mas colocada do avesso, para dificultar a identificação.

 

Segundo a polícia, o eletricista de 40 anos confessou o crime. O funcionário disse que, mais cedo, ele e a esposa tinham sido ameaçados pelo cunhado, o trapezista de 23 anos, que teria dito que ia "pegá-los dentro do circo à noite".

Com isso, o homem relatou à polícia que, ao término do espetáculo, o eletricista foi apagar as luzes e ajudar a senhora da lanchonete a fechar a carreta. Nesse momento, ele relata que estava de costas quando o trapezista começou a agredi-lo.

Então, ainda de acordo com o depoimento do suspeito à polícia, ele pegou a faca e golpeou o trapezista no abdômen, fugindo em seguida. Segundo a polícia, Willian Felício Sirelli já era procurado pela Justiça por não pagar pensão.

 

Em seguida, os policiais foram até o pronto-socorro central de Bauru, onde a esposa do trapezista contou que conseguiu pegar a faca do agressor, mas o homem já tinha sido atingido no abdômen. A mulher estava com o objeto e o entregou aos policiais.

De acordo com a polícia, a vítima foi medicada e encaminhada ao centro cirúrgico por causa do ferimento. Já o suspeito foi preso e levado à cadeia pública de Avaí, onde permanece à disposição da Justiça.

- Por G1 Bauru e Marília - 

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados