Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Herança de R$ 7 milhões pode ter motivado morte de Diretor OAB, esposa e filha

Data: / 311 views
Herança de R$ 7 milhões pode ter motivado morte de Diretor OAB, esposa e filha

A herança envolve terrenos, aluguéis e imóveis – incluindo o prédio onde morava a família. A irmã de uma das vítimas é considerada a principal suspeita

A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) suspeita que o assassinato do casal Wagner Salgado, 42 anos, e Soraya Resende, 37 anos, e da filha Geovanna Resende, 10 anos, durante a madrugada da última sexta-feira, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, tenha sido motivado por uma herança de 7 milhões de reais. De acordo com a polícia, Simone Resende, irmã de Soraya, é considerada a principal suspeita.

Segundo o delegado Fabio Oliveira Barucke, responsável pelas investigações, os 7 milhões de reais envolvem terrenos, aluguéis e imóveis – incluindo o prédio onde morava a família. As brigas por causa da herança se estenderam por 19 anos, desde a morte do pai das irmãs Resende. De acordo com as investigações, Simone não aceitava que Soraya tivesse participação no inventário já que era filha adotiva.

Duas armas foram usadas – uma calibre 32 e outra 380 – com silenciadores, o que evidencia ainda mais a tese de que o assassinato foi premeditado. “O uso de silenciadores fortalece ainda mais a linha com que trabalhamos. Isso mostra que os criminosos não queriam chamar a atenção. Silenciadores são usados em um a cada mil casos de assassinato. Outro ponto importante para nós é o fato de não haver arrombamento e nenhum objeto subtraído do local”, afirmou o delegado.

Com a morte da família, Simone torna-se a única beneficiada pela herança deixada pelo pai. Durante depoimento, ela alegou que não havia nenhum desentendimento na família e que sua irmã sempre foi muito amada. A DHNSG busca a materialidade das provas para que se possa chegar ao mandante do crime e aos assassinos. Simone tem cinco filhos que também são suspeitos de ter envolvimento no crime.

Imagens da câmera de segurança da rua mostram três homens parados diante do prédio por volta das 3h5o da madrugada de sexta que, em seguida, entram no local. De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 4 horas da manhã e os assassinos ficaram cerca de 50 minutos dentro do prédio.

Os investigadores também trabalham com a hipótese de ter ocorrido luta corporal ou disparo acidental de uma das armas. Três dentes foram encontrados no local e não pertencem a nenhuma das vítimas, de acordo com a perícia. “Provavelmente houve luta corporal ou até mesmo um disparo acidental que atingiu a boca de uma das pessoas que entrou na casa e acabou extraindo três dentes que ficaram no local. Estamos em busca de feridos por disparo de arma de fogo nos hospitais da região”, afirmou Barucke.

Salgado era advogado e diretor de eventos da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no município. Ele chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Geral de Colubandê, mas morreu em seguida. Soraya e a filha foram encontradas mortas no local. (VEJA Por Rafaela Lara)

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados