Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Homem mata mulher enforcada após casal visitar filho prematuro em hospital

Data: / 274 views
Homem mata mulher enforcada após casal visitar filho prematuro em hospital

Segundo a Guarda Municipal, suspeito teria arrastado o corpo da vítima e deixado em um barranco próximo a um distrito de Botucatu (SP). Equipes de resgate realizaram procedimentos de ressuscitação, mas mulher já estava morta

Corpo de jovem de 19 anos foi jogado em um barranco após as agressões (Foto: Arquivo pessoal)

Um homem foi preso em flagrante na noite de domingo (18), no distrito de Rubião Júnior, próximo a Botucatu (SP), após matar a esposa, de 20 anos, enforcada.

Segundo a Guarda Civil Municipal, o crime ocorreu quando os dois voltavam do hospital, onde o filho prematuro do casal está internado.

No caminho, Josilma Bezerra dos Anjos teria contado ao marido a respeito de uma traição. Furioso, Luís Gustavo Bovolenta, de 35 anos, teria parado o carro em uma estrada de terra, começado a espancar e a estrangular a esposa.

Ao perceber que a vítima não apresentava mais sinais de vida, o suspeito teria arrastado o corpo para fora do veículo e o deixado em um barranco próximo ao local.

Em seguida, ele teria ido até um bar e, após algum tempo, já embriagado, acionou a Guarda Municipal.

O Samu e a Guarda Civil Municipal foram até o local, tentaram fazer os procedimentos de ressuscitação mas, a mulher já estava morta. Luíz Gustavo Bovolenta foi preso em flagrante e irá responder por feminicídio.

Além do bebê prematuro, a jovem tem outro filho de dois anos de idade de outro relacionamento.

O corpo de Josilma Bezerra dos Anjos será velado no Cemitério Jardim em Botucatu, às 17h nesta segunda-feira (19). O enterro será no mesmo local.

 
Luís Gustavo Bovolenta foi preso em flagrante e irá responder por feminicídio (Foto: Guarda Civil Municipal)Luís Gustavo Bovolenta foi preso em flagrante e irá responder por feminicídio (Foto: Guarda Civil Municipal)
 
Por G1 Bauru e Marília - 
- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados