Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Idosa é encontrada em cárcere privado: 'Chocante, subumano', diz delegada

Data: / 799 views
Idosa é encontrada em cárcere privado: 'Chocante, subumano', diz delegada

Segundo a polícia, vítima era mantida trancada em um quarto em estado de desnutrição por uma jovem de 21 anos.

Idosa de 77 anos era mantida em situação de maus-tratos e em cárcere privado em São Manuel (SP) por uma jovem de 21 anos, que foi presa. A mulher foi encontrada pela polícia na segunda-feira (20).

Segundo a delegada da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) Michela Ragazzi, a vítima estava trancada em um quarto da casa no bairro Cohab 3, deitada em uma cama em estado de desnutrição, sem condições de locomoção, com fezes e comida estragada espalhadas pelo local, sem quaisquer condições de higiene.

 

“É chocante, subumano. Ela estava em estado de inanição, desconexa com a realidade, mal vestida, suja e sem alimentação”, conta a delegada.

 

Segundo a polícia, o caso foi denunciado por duas sobrinhas da vítima que moram em São Paulo e não estavam conseguindo falar com a idosa há meses. Elas foram até São Manuel, mas encontraram o portão trancado. Vizinhos disseram que a idosa era impedida de sair de casa e que ninguém entrava também.

Idosa é encontrada em cárcere privado:

Com ajuda da Guarda Municipal Civil, a equipe da DDM foi até o local e encontrou a suspeita, que alegou estar trancada junto com a idosa. A Guarda então, com autorização das sobrinhas da vítima, arrombou o cadeado e entrou na casa. A idosa foi encontrada trancada em um quarto e a casa toda bagunçada.

A suspeita de 21 anos foi presa em flagrante e conduzida à cadeia de Porangaba. Ela vai responder por cárcere duplamente qualificado, por pessoa idosa e por causar grande sofrimento físico e moral. A vítima foi encaminhada por uma ambulância ao pronto-socorro para cuidados médicos imediatos.

Agora a delegada da DDM quer saber por que a idosa era mantida refém. Se foi feito saques ou empréstimos de sua conta bancária. Segundo informações de testemunhas à polícia, a suspeita e sua mãe frequentam a casa da vítima há três anos com o objetivo de cuidar dela. “Mas não foi isso o que encontramos. A casa estava suja, tinham até seringas de uso de drogas”, diz a delegada.

G1 - Bauru e Marília - Por Renata Marconi

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados