Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Incêndio que destruiu estátua da loja Havan de São Carlos foi criminoso, diz Polícia Civil

Data: / 273 views
Incêndio que destruiu estátua da loja Havan de São Carlos foi criminoso, diz Polícia Civil

Carro que passou pelo local na madrugada do crime é investigado. Ninguém foi preso.

Estátua da Havan em São Carlos fica totalmente destruída após pegar fogo — Foto: Reprodução EPTV

A Polícia Civil de São Carlos (SP) confirmou que o incêndio que destruiu a estátua da loja Havan, ocorrido na terça-feira (31) foi criminoso. Um carro que parou na loja de departamentos durante a madrugada do crime é investigado e ainda ninguém foi preso.

De acordo com informações passadas pelo 1º Distrito Policial nesta quinta-feira (2), o delegado responsável pelo caso analisa imagens das câmeras de segurança que mostram dois carros próximos à estátua, às margens da Rodovia Washington Luís (SP-310).

 
Estátua da Havan fica totalmente destruída após pegar fogo em São Carlos

Estátua da Havan fica totalmente destruída após pegar fogo em São Carlos 

Um deles já foi checado e descartado por se tratar de um veículo com problemas mecânicos. O outro ainda é alvo de investigação e as informações sobre ele não foram divulgadas. A polícia também não deu detalhes do que causou as chamas.

O delegado ainda irá ouvir o vigilante da empresa de segurança que esteve no local durante a madrugada do crime. Até a publicação desta reportagem, não foram divulgados nomes de suspeitos.

 

Incêndio

 

 
Estátua da Havan em São Carlos fica totalmente destruída após pegar fogo  — Foto: Reprodução EPTV

Estátua da Havan em São Carlos fica totalmente destruída após pegar fogo — Foto: Reprodução EPTV 

A estátua da Havan de São Carlos era feita de acrílico e ficou totalmente destruída após pegar fogo. Segundo o Corpo de Bombeiros, as chamas começaram por volta das 5h e demoraram 20 minutos para serem controladas por duas equipes. Ninguém ficou ferido. 

Em nota ao G1, a assessoria de imprensa da Havan informou que a estátua não possuía iluminação.

 

Ataque

 

 
Luciano Hang, dono da Havan — Foto: Reprodução Facebook

Luciano Hang, dono da Havan — Foto: Reprodução Facebook 

Na tarde do crime, o proprietário da Havan, Luciano Hang, fez uma transmissão ao vivo via Facebook, afirmando que o incêndio foi um “ataque terrorista” e “ato político”.

Hang, que estava no escritório de Brusque (SC), falou por mais de 30 minutos e mostrou fotos da estátua de São Carlos destruída, de pichações na base da estátua e de embalagens que ele diz ser de coquetéis molotov.

"Nós não podemos aceitar um ataque terrorista que não é contra mim, mas contra toda a população brasileira. É vandalismo, é coisa de malandro. Esse pessoal não acredita na democracia, na liberdade de expressão."

 
 
Loja da Havan em São Carlos — Foto: Divulgação

Loja da Havan em São Carlos — Foto: Divulgação

Hang afirmou que espera que a polícia elucide o caso e puna os responsáveis o mais rapidamente possível. Disse ainda que a estátua será reposta e defendeu o símbolo da sua rede de lojas, dizendo que ela representa o que quer para o Brasil e que se trata de um ícone mundial.

“A estátua da Liberdade é nosso símbolo, representa a transparência, logo estará de volta, mais bonita”, afirmou.

- Por Gabrielle Chagas, G1 São Carlos e Araraquara -  

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados