Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

JBS e BRF desabam na Bolsa com operação da Polícia Federal

Data: / 221 views
JBS e BRF desabam na Bolsa com operação da Polícia Federal

Executivos das companhias foram presos na operação Carne Fraca deflagrada na manhã de hoje

São Paulo – As ações da JBS e da BRF ampliaram a queda na manhã desta sexta-feira (17). Os papéis da JBS registravam queda de 6,6% e da BRF de 6,25%. As ações eram negociadas em 11,24 reais e 37,50 reais, respectivamente.

O mercado repercute a Operação Carne Fraca que foi deflagrada pela Polícia Federal na manhã de hoje.

Em nota, a PF informou que aproximadamente 1.100 policiais federais estão cumprindo 309 mandados judiciais, sendo 27 de prisão preventiva, 11 de prisão temporária, 77 de condução coercitiva e 194 de busca e apreensão em residências e locais de trabalho dos investigados e em empresas supostamente ligadas ao esquema.

Segundo o jornal O Globo, entre os executivos que foram presos estão o gerente de Relações Institucionais do Grupo BRF, Roney Nogueira dos Santos, e o funcionário da Searea, do grupo JBS, Flavio Cassou.

O jornal afirma ainda que a decisão também prevê o bloqueio de contas bancárias e de aplicações financeiras de até 1 bilhão de reais e o bloqueio de outros bens de 46 pessoas, entre elas Flavio Cassou, do JBS, e Roney Nogueira dos Santos, do BRF. A Justiça determinou o bloqueio de até R$ 1 bilhão das contas de 46 investigados na operação. "Carne Fraca": internet não perdoa nome da nova operação da PF

A operação detectou em quase dois anos de investigação que as Superintendências Regionais do Ministério da Pesca e Agricultura do Estado do Paraná, Minas Gerais e Goiás “atuavam diretamente para proteger grupos empresariais em detrimento do interesse público”.

EXAME

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados