Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Jovem de Bauru é aceito em curso de engenharia aeroespacial de universidade dos Estados Unidos

Data: / 493 views
Jovem de Bauru é aceito em curso de engenharia aeroespacial de universidade dos Estados Unidos

Sonho começou ainda criança, quando Lucca acompanhou a chegada do astronauta Marcos Ponte após a Missão Centenário.

Foto) Marcos Pontes visitou o estudante sem avisar e o surpreendeu (Foto: Reprodução/TV TEM)

O estudante Lucca Panice Pedro está a um passo de realizar o sonho de cursar engenharia aeroespacial nos Estados Unidos. E essa história começou quando ele ainda era criança, quando Lucca acompanhou a chegada de Marcos Pontes à Bauru (SP) depois do astronauta cumprir a ‘Missão Centenário’.

 “A partir daquele momento eu comecei a gostar de foguetes, astronomia, astrofísica, e tudo relacionado a esse universo. Aí eu comecei a montar foguetes e fazer outras coisas sobre o tema”, conta o jovem.

 A viagem do astronauta brasileiro à estação espacial internacional motivou o estudante a trilhar o caminho da ciência. Ele começou a participar de olímpiadas brasileiras de astronomia e astronáutica, além de projetos da Fundação Marcos Pontes, que tem como objetivo estimular as carreiras científicas.

Para conseguir a vaga na Universidade de Buffalo, Lucca teve que se desdobrar. Primeiro precisou caprichar nas aulas de inglês e fazer provas de proficiência da língua. Depois passou por avaliações na cidade de São Paulo, de algumas disciplinas específicas que contam pontos além de apresentar um currículo com detalhes como iniciativas de trabalhadores comunitários.

Jovem de Bauru é aceito em curso de engenharia aeroespacial de universidade dos Estados Unidos

A resposta inicialmente veio por e-mail e depois por correspondência. “Eu não estava esperando receber por isso, principalmente da Universidade de Buffalo. No final das contas, eu fiquei muito animado com tudo isso”.

Lucca espera uma resposta da universidade sobre a bolsa de estudos. Nos Estados Unidos os cursos de ensino superior são pagos, e no caso, a graduação de Engenharia Aeroespacial custa US$ 43 mil o que equivale a cerca de R$ 134 mil. “Quando o valor da minha bolsa sair eu pretendo fazer uma vaquinha virtual para arrecadar e inteirar o resto do dinheiro para fazer o curso”, conta.

Visita especial

O estudante, que está vencendo degrau por degrau a caminhada rumo ao sonho de ser engenheiro aeroespacial, recebeu um incentivo e tanto. Sem saber ele recebeu a visita daquele que o inspirou a seguir na ciência: o astronauta Marcos Pontes. “O país precisa de educação, ciência e tecnologia como pilares para o desenvolvimento. Educação para termos pessoas formadas. Ciência para que haja ideias e tecnologias para que essas ideias sejam colocadas na prática”, diz o astronauta ao encontrar o estudante.

A missão de Marcos Pontes completou onze anos em 2017. E ainda continua inspirando muitos jovens. “Uma das coisas que mais me motiva no Brasil é ver esses resultados. Nesse momento eu estou servindo de inspiração e no futuro o Lucca será a inspiração para outros jovens. E isso é uma das coisas mais legais para incentivar, cada vez mais, a educação”, finaliza.

Por G1 Bauru e Marília - 

 
- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados