Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Mãe é presa suspeita de deixar bebê sozinho por 12h em casa

Data: / 247 views
Mãe é presa suspeita de deixar bebê sozinho por 12h em casa

Segundo a polícia, mulher tinha saído na noite de segunda-feira (18) para comprar drogas. Criança foi encontrada suja e com fome em Santa Cruz do Rio Pardo.

Uma mulher de 31 anos foi presa suspeita de deixar o filho de dois meses sozinho dentro de casa, por cerca de 12h, na manhã desta terça-feira (19), em Santa Cruz do Rio Pardo (SP).

Segundo a polícia, a mãe tinha saído de casa às 21h de segunda-feira (18) para comprar drogas e, até a manhã desta terça-feira (19), ainda não tinha retornado à residência.

A polícia descobriu o ocorrido depois que a sogra foi até a casa da mulher e ouviu o choro da criança. A porta da casa estava fechada e a sogra decidiu acionar a polícia.

“A polícia conseguiu ter acesso ao interior da casa por uma janela do banheiro e se deparou com a criança na cozinha no carrinho de bebê, chorando compulsivamente”, relata o delegado Renato Mardegan.

 
Segundo a polícia, mulher tinha saído na noite de segunda-feira (18) para comprar drogas — Foto: Reprodução/TV TEM

Segundo a polícia, mulher tinha saído na noite de segunda-feira (18) para comprar drogas — Foto: Reprodução/TV TEM

 

Com isso, os policiais acionaram o Conselho Tutelar. Eles trocaram as roupas e a fralda da criança, que estava suja. Em seguida, segundo a polícia, o bebê foi encaminhado para a UPA, para verificar as condições de saúde dele.

“Segundo informações extraoficiais junto à UPA, a criança está bem cuidada, mas estava chorando de fome, então o conselho agora vai tentar providenciar o encaminhamento dela para alguma das instituições da cidade”, explica o delegado.

A mãe da criança foi localizada na manhã desta terça-feira (19) no Bairro Bom Jardim, perambulando pelas ruas. Ela foi presa em flagrante e pode responder judicialmente por crimes como abandono de incapaz ou maus-tratos, dependendo do resultado das investigações.

Segundo o delegado, o pai do bebê trabalha em uma cidade vizinha e fica a semana toda fora. Assim, é a mãe quem fica responsável por cuidar da criança.

“Nós estamos registrando a ocorrência para apurar a conduta dessa mãe, onde deixou essa criança correndo sérios riscos, sozinha dentro da casa”, completa o delegado.

- Por G1 Bauru e Marília -  

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados