Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Ministério alerta sobre fraude que visa roubo de dados de usuários

Data: / 80 views
Ministério alerta sobre fraude que visa roubo de dados de usuários

Pasta informa que gestores municipais têm recebido e-mail solicitando recadastramento em sistema interno e que mensagem é falsa

Foto - Golpe é aplicado pelo e-mail -Visual Hunt

O Ministério do Desenvolvimento Social é alvo de uma fraude na internet. Segundo a pasta, gestores estão recebendo e-mails em nome do ministério solicitando uma atualização de segurança, que não existe. 

O e-mail pede que a pessoa recadastre a senha dos usuários do Sistema de Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. 

A pasta esclarece que ela e a Caixa Econômica Federal não realizam recadastramento por meio de e-mails às prefeituras e sem comunicação prévia pelos informes do Bolsa Família

 

O coordenador-geral de operacionalização do Cadastro Único, Liomar Lima,afirma que, possivelmente, a ação visa roubar a senha dos usuários. “Estamos pedindo às prefeituras que receberem esse e-mail que não sigam nenhum dos passos solicitados e façam a exclusão imediata. O MDS não dispara comunicações sem avisar aos gestores por meio dos informes oficiais do órgão”, orienta.

Os gestores que tiverem dúvidas sobre o acesso ao Sistema de Cadastro Único podem entrar em contato com o suporte operacional da CAIXA por meio dos telefones: 3004-1104 para capitais e regiões metropolitanas, e 0800 726 0104 para demais regiões.

O sistema serve para que os gestores municipais façam a inclusão, manutenção, alteração ou exclusão dos dados das famílias que participam dos programas do governo federal.

Segundo a pasta, o sistema faz com que "o governo federal consolide as informações coletadas no Cadastro Único para formular e implementar políticas específicas, que contribuem para a redução das vulnerabilidades sociais. Todos os dados do sistema podem ser utilizados pelos governos municipais, estaduais e federal".

- Giuliana Saringer, do R7 - 

 

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados