Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Ministério Público investiga desaparecimento de estrutura metálica de 150 toneladas de obra em Marília

Data: / 481 views
Ministério Público investiga desaparecimento de estrutura metálica de 150 toneladas de obra em Marília

Todo esse material teria sido comprado pela prefeitura em 1990 no governo do ex-prefeito Domingos Alcalde e estaria guardada na Codemar

O Ministério Público investiga o sumiço de uma estrutura metálica de 150 toneladas em Marília (SP). O material, avaliado em R$ 3 milhões, foi comprado há 27 anos e deveria ter sido usado para a construção da rodoviária.

 

Todo esse material teria sido comprado pela prefeitura em 1990 no governo do ex-prefeito Domingos Alcalde. A ideia na época era começar a construção de uma nova rodoviária, mas o ex-prefeito acabou não sendo reeleito e o material para a obra ficou guardado. A rodoviária até foi erguida e inaugurada em 2003, mas como o projeto foi alterado, a estrutura metálica não foi usada pela prefeitura.

 

O ex-prefeito Domingos Alcalde e o secretário de economia e planejamento na época acabaram processados na Justiça pelo mau uso do dinheiro público. A Justiça então, recentemente, pediu que fosse feito um levantamento das condições desse material. A estrutura estaria desde 1990 guardada na Codemar, a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Marília, só que as 150 toneladas de estrutura metálica teriam desaparecido.

 

A Matra, uma organização que fiscaliza o poder público em Marília, fez uma denúncia ao Ministério Público Estadual. "Mediante essa denúncia, a Matra oficiou o presidente da Codemar para saber onde é que está a estrutura e ele respondeu à Matra se dizendo surpreso que a estrutura não se encontra lá", diz o presidente da Matra Edgar Cândido Ferreira.

O Ministério Público abriu um inquérito para investigar o sumiço da estrutura. Enquanto isso, o ex-prefeito Domingos Alcalde e o ex-secretário de economia e planejamento já foram condenados pela Justiça a devolver aos cofres públicos o dinheiro gasto nessa estrutura. O valor atualizado chega a R$ 11 milhões.

 
Estrutura que seria usada na rodoviária de Marília desapareceu (Foto: Reprodução/TV TEM)Estrutura que seria usada na rodoviária de Marília desapareceu (Foto: Reprodução/TV TEM)
 
G1 Bauru e Marília - 
- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados