Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Morte de Vitória: SSP oferece recompensa de até R$ 50 mil para denúncias

Data: / 557 views
Morte de Vitória: SSP oferece recompensa de até R$ 50 mil para denúncias

Estudante de Araçariguama saiu para andar de patins e foi encontrada morta no dia 16 de junho. Laudo aponta que vítima sofreu asfixia; polícia investiga suposta vingança

Polícia Civil investiga morte da estudante Vitória Gabrielly (Foto: Reprodução/TV TEM)

A Secretaria de Segurança Pública divulgou, neste sábado (23), que está oferecendo pagamento de até R$ 50 mil como recompensa para quem fornecer informações que levem à identificação do responsável pela morte de Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, 12 anos. A estudante foi localizada no dia 16 de junho, na Estrada da Aparecidinha, bairro Caxambu, em Araçariguama.

Em entrevista à TV TEM na sexta-feira (22), o delegado Acácio Aparecido Leite, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Sorocaba, afirmou que nenhuma denúncia sobre o assassinato havia sido recebida.

 

"A gente pede que essa energia e tristeza sejam canalizadas em informações, que as pessoas utilizem os canais de denúncia", disse.

 

 
Patins da menina Vitória foram levados pela perícia à delegacia de Araçariguama (Foto: Witter Veloso/TV TEM)Patins da menina Vitória foram levados pela perícia à delegacia de Araçariguama (Foto: Witter Veloso/TV TEM)
 

As informações podem ser passadas diretamente à polícia por e-mail, carta, telefone ou pessoal. A identidade é mantida em sigilo. Via "Disque Denúncia", o telefone é 181.

Pela internet, o acesso é criptografado para proteger o anonimato do denunciante. Ao fim do processo, um número de protocolo é emitido com uma senha para acompanhar anonimamente o andamento.

Mais de 70 pessoas já foram ouvidas durante a investigação. A Polícia Civil também analisa aproximadamente 300 horas de gravações de câmeras de segurança recolhidas de imóveis perto do local do crime.

 
Caso Vitória: SSP oferece recompensa de até R$ 50 mil para denúncias sobre o crimeCaso Vitória: SSP oferece recompensa de até R$ 50 mil para denúncias sobre o crime 

Investigação

Vitória Gabrielly foi encontrada morta no dia 16 de junho em uma área de mata, às margens de uma estrada de terra no bairro Caxambu, em Araçariguama. A garota estava desaparecida havia oito dias, quando saiu para andar de patins e não foi mais vista.

As primeiras provas colhidas por peritos do Instituto de Criminalística (IC) de São Paulo indicam que Vitória Gabrielly foi morta por asfixia e não por estrangulamento. A menina tinha uma meia na boca, o que indica a versão.

Segundo as investigações, o corpo de Vitória estava amarrado a uma árvore. Uma pessoa cortou as cordas antes da polícia chegar. A adolescente tinha marcas nos tornozelos e nos punhos e não tinha sinais de estrangulamento nem de abuso sexual.

 
Corpo de menina desaparecida em Araçariguama é encontrado ao lado de patins (Foto: Divulgação/PM)Corpo de menina desaparecida em Araçariguama é encontrado ao lado de patins (Foto: Divulgação/PM)

 

Segundo o delegado seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, a forma como o corpo da garota estava indica violência para caracterizar o crime como vingança.

 

“A hipótese, não de autoria, mas de circunstância e motivação, da forma como o corpo foi encontrado, pelo local, pelas amarras, pela forma que ela estava amarrada, a linha principal seria de execução por vingança.” 

Ainda conforme Carriel, o motivo da suposta vingança é desconhecido e outra hipótese é que Vitória foi morta por engano, pois todo o histórico da família da garota não aponta que eles sofreriam algum tipo de represália.

 

“Se foi por engano, se vingar essa versão, quem seria o alvo correto?”, questiona o delegado, explicando que essa é uma das respostas que buscam.

 

Morte de Vitória: SSP oferece recompensa de até R$ 50 mil para denúncias  

Corpo da Vitória Gabrielly foi encontrado em mata, em Araçariguama, ao lado dos patins (Foto: Rodrigo Cunha/G1)

O corpo da menina foi encontrado a sete quilômetros do ginásio onde ela foi vista pela ultima vez. Uma câmera de segurança registrou a menina andando de patins no dia que desapareceu (veja abaixo).

O IC investiga se a meia que estava na boca da garota tinha algum produto químico que possa ter induzido ou acelerado a morte e também busca material de DNA nas cordas e nas roupas.

O material será comparado com amostras genéticas colhidas de três pessoas investigadas, uma delas está presa. A investigação também tenta localizar, através das estações rádio base, celulares que foram usados ou que estiveram na região onde o corpo foi encontrado.

 
Câmeras de segurança flagram garota antes de desaparecer em AraçariguamaCâmeras de segurança flagram garota antes de desaparecer em Araçariguama
 
- Por G1 Sorocaba e Jundiaí - 
- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados