Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Motorista embriagado que provocou acidente com mortes é condenado a 11 anos de prisão

Data: / 124 views
Motorista embriagado que provocou acidente com mortes é condenado a 11 anos de prisão

Davi Machado da Silva, de 60 anos, provocou acidente que aconteceu em 2012 e matou quatro pessoas, em Bauru (SP).

O motorista que causou um acidente com quatro mortes em julho de 2012, em Bauru (SP), foi condenado a 11 anos e três meses de prisão em regime fechado por homicídio doloso e lesão corporal após passar por júri popular no Fórum da cidade, nesta quinta-feira (6).

Por ser réu primário e já estar aguardando o júri em liberdade, o advogado de defesa terá direito de recorrer da decisão do tribunal em até cinco dias.

O julgamento de Davi Machado da Silva, de 60 anos, durou mais de 10 horas. O júri foi formado por sorteio e composto por seis homens e uma mulher.

Durante o julgamento, um policial militar interrogado como testemunha de acusação contou que, após o acidente, o réu estava com voz 'pastosa', cheiro forte de álcool e roupa amassada. Ele ainda se recusou a fazer o teste o bafômetro, mas admitiu ter ingerido bebida alcoólica.

 

Acidente

 

 
Motorista embriagado que provocou acidente com quatro mortes é julgado em BauruMotorista embriagado que provocou acidente com quatro mortes é julgado em Bauru 

No carro de Davi estavam duas mulheres, uma delas morreu no local do acidente e foi identificada apenas como Iracema. A outra, Fabiana Duque da Silva, que tinha 18 anos na época, chegou ser socorrida, mas não resistiu após passar por uma cirurgia.

No outro carro tinham 5 pessoas e duas mulheres morreram no local. Larissa de Moura Franco da Rocha, que tinha 20 anos, e Chrissieli Zampieri de Moraes, que tinha 25, eram primas e moravam em Pederneiras.

 
Carros ficaram destruídos após a colisão em julho de 2012  — Foto: reprodução/TV TemCarros ficaram destruídos após a colisão em julho de 2012 — Foto: reprodução/TV Tem
 

Elas e outras pessoas estavam indo para uma festa de aniversário em Bauru quando o carro de Davi entrou na contramão na via e atingiu o veículo. Segundo as investigações da polícia na época, Davi dirigia embriagado e sabia que trafegava na contramão.

Ele chegou a ser preso em flagrante, mas quando ainda estava internado no hospital devido aos ferimentos do acidente a Justiça deu o alvará de soltura e ele responde ao processo em liberdade. Não há previsão para o término do Júri.

 
O carro em que estavam as primas ficou totalmente destruído.  — Foto: reprodução/TV TemO carro em que estavam as primas ficou totalmente destruído. — Foto: reprodução/TV Tem
 
- Por G1 Bauru e Marília - 
- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados