Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Mulher recupera bolsa com R$ 1,6 mil perdida há 3 semanas no Metrô de SP

Data: / 326 views
Mulher recupera bolsa com R$ 1,6 mil perdida há 3 semanas no Metrô de SP

Passageiro encontrou objeto na escada rolante da estação Butantã. Equipe do setor de Achados e Perdidos localizou dona da bolsa após contactar empresa em que ela trabalhou em 2011

Uma mulher recuperou na terça-feira (31) uma bolsa com R$ 1,6 mil que foi perdida no último dia 9 na estação Butantã, na Zona Oeste de São Paulo, informou o Metrô. A entrega foi feita após o Metrô tentar contactar a mulher por vários dias e, finalmente, conseguir falar com ela nesta segunda-feira (30).

A bolsa foi encontrada na escada rolante da estação no dia 9 de janeiro e foi entregue à segurança do Metrô por uma pessoa que não se identificou. Em seu interior havia, além dos R$ 1,6 mil referentes ao salário de dezembro da mulher, uma bolsinha de moedas, um par de brincos, remédios, maquiagem e o cartão BOM, bilhete único da Região Metropolitana de São Paulo.

A chefe do departamento de relacionamento com o usuário do Metrô, Cecilia Guedes, informou que foi graças ao cartão BOM que os funcionários da área conseguiram localizar a mulher. Inicialmente, pelos dados que constavam no cartão, o Metrô entrou em contato com a EMTU, que informou o nome da empresa onde a mulher trabalhou até 2011, em Rio Claro, no interior de São Paulo.

"Depois de algumas tentativas, conseguimos falar com a área de Recursos Humanos da empresa, que nos forneceu o celular da mulher e um telefone da cunhada dela. Pela cunhada, conseguimos falar com o filho dela", contou Cecilia. "Inicialmente ficaram com certo receio, pensando que poderia ser algum trote. Depois que dissemos que ela precisaria ir ao posto de achados e perdidos, na Sé, eles deram um pouco mais de crédito", explicou.

Balanço

O Metrô de São Paulo informa que a Central de Achados e Perdidos recebeu 81 mil objetos em 2016. Destes, mais de 18 mil itens foram devolvidos aos proprietários.

Do total de pertences perdidos, 63% são documentos e 37% objetos diversos, como carteiras, peças de roupa e celulares. Também já foram esquecidos cadeiras de rodas, espada, carrinho de bebê, colchão, vestido de noiva, bicicletas, penico, narguilé, fogão, carrinho de pedreiro, uma urna funerária, próteses dentárias, próteses de pernas e, mais recentemente, um olho de silicone.

Os objetos recebidos permanecem na CAP por dois meses e, se não forem procurados, são encaminhados ao Fundo de Solidariedade do governo do estado de São Paulo. Lá, o objeto pode ser leiloado ou encaminhado a instituições de caridade. Já os documentos são enviados aos órgãos emissores.

Serviço

Em caso de perda no Metrô de objeto com identificação, o usuário deve ligar para a central de atendimento do órgão no número 0800-770 7722, de segunda a sexta-feira das 5h30 às 23h30. Caso não haja qualquer identificação no objetico perdido, é preciso ir à Central de Achados e Perdidos do Metrô, na Estação Sé, de segunda a sexta-feira das 7h às 20h. (G1)

 
- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados