Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Neymar vai mal, Fernandinho é o pior. Vejas as notas na eliminação brasileira

Data: / 207 views
Neymar vai mal, Fernandinho é o pior. Vejas as notas na eliminação brasileira

DIRETO DE KAZAN, RÚSSIA – O Brasil perdeu da Bélgica por 2 a 1 nesta sexta-feira (6) e está eliminado da Copa do Mundo 2018.

Confira as notas dos jogadores brasileiros na derrota no jogo das quartas de final.

Alisson – 5

Não poderia ter evitado os gols da Bélgica. Fez duas defesas importantes no primeiro tempo.

Fagner – 4

Sofreu no um contra um diante de Hazard no primeiro tempo. Ofensivamente, não ajudou o time.

Thiago Silva – 5

Pouco apareceu no jogo. Não teve culpa direta nos gols da Bélgica.

Miranda – 6

Não teve papel decisivo nos gols da Bélgica e evitou várias jogadas de perigo no confronto direto com Lukaku.

Marcelo – 4,5

Praticamente como um ponta, buscou criar jogadas de ataque. Deu um chute perigoso a gol na primeira etapa. No segundo gol da Bélgica, acompanhou de longe De Bruyne que acertou um chutaço.

Fernandinho – 1

Viveu um verdadeiro pesadelo na Arena Kazan. Marcou um gol contra, falhou feio na marcação no segundo gol da Bélgica e errou vários passes durante o jogo. Foi o pior em campo

Paulinho – 3,5

Não alcançou Lukaku na corrida no lance do segundo gol da Bélgica e não apareceu bem no ataque.

Philippe Coutinho – 6,5

Foi o jogador mais ativo no setor ofensivo da seleção. Arriscou chutes de fora e deu a assistência para o gol de Renato Augusto. Foi o protagonista do time.

Willian – 3

Não produziu jogadas de perigo. Voltou a ser o William discreto da primeira fase. Acabou substituído no intervalo.

Neymar – 3,5

Perdeu várias vezes a bola, não se deu bem nas jogadas individuais. Acertou um bom chute nos acréscimos que resultou em uma defesa milagrosa de Courtois. Num jogo decisivo, ficou muito abaixo do que se espera para o grande nome da seleção.

Gabriel Jesus – 2,5

Deixou a desejar mais uma vez. Brigou muito, mas não conseguiu ser efetivo ofensivamente. Encerra a participação na Copa sem balançar a rede uma vez sequer.

***

Entraram no jogo:

Roberto Firmino – 4

Assumiu o posto de Gabriel Jesus no segundo tempo, mas só finalizou uma vez com perigo.

Douglas Costa – 6

Entrou bem na partida no segundo tempo. Incomodou muito a defesa belga, tentou quatro chutes a gols e ainda efetuou alguns desarmes.

Renato Augusto – 6,5

Responsável direto pela melhora brasileira na parte final do jogo. Fez um gol e quase garantiu o empate.

***

Tite – 4

A Bélgica reforçou a marcação no meio de campo e deu mais liberdade aos seus jogadores de maior talento. O Brasil perdeu o poder no setor central do campo e conseguiu chegar com mais perigo só nos chutes de fora da área. A jogada de infiltração funcionou só no gol de Renato Augusto. Tite perdeu o duelo com Roberto Martínez.

- Gazeta do Povo - por  - Atualizado em [ 06/07/2018 ] [ 17:06 ] - 

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados