Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Oito programas da RedeTV!, SBT e Record que vão tarde. As atrações que vão fazer falta

Data: / 509 views
Oito programas da RedeTV!, SBT e Record que vão tarde. As atrações que vão fazer falta

Algumas atrações "trash" não fazem falta com o corte do sinal analógico em São Paulo

Com o corte do sinal analógico, assinantes de TV paga de São Paulo (exceto os da Vivo) perderam os canais RedeTV!, Record e SBT. A interrupção se deve por falta de acordo entre operadoras por assinatura e as três emissoras, que se recusam a continuar oferecendo o sinal de graça às empresas pagas. No quesito qualidade, no entanto, diversos programas do trio paulista não farão a menor falta aos telespectadores. Confira oito atrações que vão tarde.

Casos de Família (SBT)
O programa de auditório vespertino comandado por Christina Rocha é um festival de xingamentos, choros e brigas entre os convidados e a própria apresentadora. Exibido diariamente, tem temas apelativos como “fique esperto, meu amor, se não vai levar chifre” e “eu tô gato, minha mulher tá um bagulho”. Christina se esforça para ser barraqueira: expulsa do estúdio, aos berros, marido agressivo, filha com vergonha de mãe humilde e adulto preguiçoso sustentado pela mãe.

Primeiro Impacto (SBT)
Acostumado a fazer experimentações com sua programação, o SBT colocou um jovem de 18 anos para apresentar um de seus jornalísticos. O adolescente Dudu Camargo, que era o Homem do Saco no programa Fofocando, virou âncora do jornal, ao lado do controverso Marcão do Povo. Não deu certo, é claro. Por causa da baixa audiência, a emissora anunciou nesta semana que o programa fica a cargo de Marcão do Povo, acusado de racismo ao chamar a cantora Ludmilla de “macaca”.

Máquina da Fama (SBT)
No programa apresentado por Patricia Abravanel, artistas anônimos prestam, vá lá, homenagens a ídolos pop. Montados com fantasia e maquiagem, os aspirantes ao sucesso tentam imitar as celebridades, com resultados muitas vezes constrangedores. A própria filha número 4 de Silvio Santos cantou Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim, hit de Ivete Sangalo. Com direito a corpo de baile e gelo seco, a performance vergonha alheia virou piada nas redes sociais.

SuperPop (RedeTV!)
A produção do programa se supera em encontrar pautas dominadas por fofocas e baixarias. No programa de entrevistas, convidados — Thammy Miranda, Pepê e Nenem e Sabrina Boing Boing estão sempre por lá — revelam “bombas” como “o tempo do sucesso de Xuxa acabou”, profecia de Robério de Ogum, e “o flagra da peladona de Congonhas foi armado”, afirmação do assessor de imprensa Cacau Oliver. Luciana Gimenez trata dos assuntos mais toscos com a maior naturalidade.

João Kléber Show (RedeTV!)
O apresentador não economiza no vale tudo pela audiência. Duelo de mulheres seminuas na banheira do reality show “Casa da Tentação”, pegadinhas com apelo sexual e maluquices como a fulana viciada em água de salsicha são assuntos da atração. Exibido no domingo à noite, horário nobre da TV, o programa se autointitula uma “opção de entretenimento para toda a família”. Ahã.

Sensacional com Daniela Albuquerque (RedeTV!)
O show dominical está mais para sensacionalista do que sensacional. Reportagens como “Ronaldo Ésper: não sou mais homossexual” e “Menor casal de anões do mundo mostra casa adaptada”, feita por um cover de Silvio Santos, dão uma ideia do que se trata. Daniela Albuquerque se esforça e tenta até dançar com os bailarinos do programa. Não rola.

Domingo Show (Record)
Em formato batido, a atração explora histórias de amores impossíveis, animais abandonados e filhos que não conhecem os pais. Matérias com apelo de audiência, como o “filho secreto do cantor José Rico”, se arrastam até esgotar a paciência dos telespectadores. Geraldo Luís, o apresentador, recorre à emoção fácil sem constrangimento.

Legendários (Record)
A modelo Juju Salimeni é “desafiada” a comer brigadeiro com minhoca, enquanto Blade, o assistente de palco, canta uma música com a cabeça enfiada na água e Geraldo Luís “revela” não usar cueca. Pérolas assim dominam o programa de humor, que começou com um elenco talentoso — com João Gordo, Miá Mello e integrantes do Hermes e Renato —, mas descambou para quadros com piadinhas sem graça comandadas por Marcos Mion.

As atrações que vão fazer falta

 

Mariana Godoy Entrevista (RedeTV!)
No programa semanal ao vivo, a jornalista recebe entrevistados para debater pautas quentes. Operação Carne Fraca, reforma trabalhista e machismo foram temas recentes, abordados por Mariana Godoy com leveza. 

Programa do Porchat (Record)
O humorista famoso por apresentações de stand-up e pelas esquetes do Porta dos Fundos estreou o talk-show em 2016. Fabio Porchat exagerou em uma brincadeira que ofendeu Rita Cadillac, mas pediu desculpas e parece ter aprendido a lição. Com piadas na medida, o late show é uma boa opção de entretenimento da madrugada na TV aberta.

Esporte Fantástico (Record)
O jornalístico esportivo dominical não se limita a futebol. Modalidades como vôlei, basquete, natação, boxe também têm espaço no programa comandando por Mylena Ciribelli, Cláudia Reis e Lucas Pereira. Em uma linha de entretenimento, reportagens mostram a intimidade de atletas, como a casa do Neymar e os segredos de beleza de Bia e Branca.

Chaves (SBT)
O fenômeno mexicano que arrebatou fãs em toda a América Latina tem uma legião de admiradores no Brasil, de várias gerações. Mesmo ultrapassados tecnicamente e reprisados exaustivamente há três décadas, os episódios contam com uma audiência cativa. Sem querer querendo, é difícil imaginar a TV sem o personagem na grade de programação.

Fábrica de Casamento (SBT)
Chris Flores e Carlos Bertolazzi têm a missão de organizar uma festa de casamento em 7 dias. Seria apenas mais um reality não fosse pela produção esmerada e cerimônias curiosas, de vegana a Hare Krishna. Chris já declarou que pretende preparar uma cerimônia gay.

VEJA.com

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados