Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

ONU aponta os países mais felizes do mundo em 2017

Data: / 297 views
ONU aponta os países mais felizes do mundo em 2017

No Dia da Felicidade, a Noruega e outros países nórdicos dominaram o levantamento; o Brasil ficou com o 22º lugar da lista

Cidade de Bergen, na Noruega, eleito o país mais feliz do mundo em 2017 (VEJA/iStock)

A Noruega é o país mais feliz do mundo, revelou o relatório anual da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta segunda-feira – data escolhida como o Dia Internacional da Felicidade. A nação é a primeira das cinco nórdicas que dominam o topo da lista de 2017, que avalia fatores econômicos, sociais e políticos. Mais de vinte destinos separam o pequeno país europeu do Brasil, que ocupa a 22ª posição.

Para chegar ao ranking, em parceria com a Rede de Solução em Desenvolvimento Sustentável, a ONU classifica 155 países através da combinação de dados com a opinião pública sobre qualidade de vida. Seis fatores são levados em conta: PIB per capita, expectativa de vida saudável, generosidade, exposição da corrupção, liberdade para fazer escolhas e apoio social – medido pela sensação de “ter alguém para contar em momentos de dificuldade”.

A aparente felicidade brasileira não reflete no índice, que coloca o país logo após os Emirados Árabes e cinco posições abaixo em relação ao ranking de 2016. Ainda assim, o cenário não é dos piores: o Brasil está acima da Argentina (24), Uruguai (28), França (31) e Espanha (34). Os Estados Unidos, para muitos o país mais poderoso do globo, estão no 14º lugar da lista. De acordo com o relatório, a posição americana pode ser explicada pela corrupção e queda no apoio social – o que explica a boa colocação nórdica.

Enquanto o topo é dos nórdicos, a ponta inferior se concentra na África. O último lugar é ocupado pela República Central Africana, precedida por Burundi e Tanzânia.

Confira os 10 países no topo do Índice de Felicidade Mundial de 2017:

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados