Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

PMs que prenderam suspeitos de assaltar e matar idoso recebem homenagem

Data: / 140 views
PMs que prenderam suspeitos de assaltar e matar idoso recebem homenagem

Policiais ganharam certificado de "Policial Nota 10".

Quatro policiais militares de Bariri (SP) foram homenageados por causa do trabalho que realizaram ao prenderem dois suspeitos de assaltarem e matarem um idoso em novembro.

Além disso, no mesmo plantão, os PMs prenderam a suspeita de matar a ex-mulher do marido com quatro tiros na frente da Santa Casa de Bariri.

A cerimônia, realizada na quarta-feira (11) na sede do Palácio dos Bandeirantes, é uma iniciativa da Secretaria da Segurança Pública, que tem como objetivo reconhecer e estimular o bom trabalho policial em todo o Estado de São Paulo.

Os cabos Claudionor José da Silva e Júlio César de Freitas, o soldado Devair Rocha e o 3º sargento Fábio Henrique Farias, todos da 3ª Companhia do 27º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I), receberam o certificado de "Policial Nota 10".

 

Relembre os crimes

 

 
Objetos roubados de idoso amarrado encontrado morto em casa foram apreendidos pela Polícia Militar em Bariri — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Objetos roubados de idoso amarrado encontrado morto em casa foram apreendidos pela Polícia Militar em Bariri — Foto: Polícia Militar/Divulgação

 

Os policiais homenageados prenderam o suspeito de assaltar e matar um idoso de 70 anos em Bariri, no dia 16 de novembro. Segundo a Polícia Militar, o crime só foi descoberto porque uma equipe da PM que fazia patrulhamento viu dois homens em atitude suspeita na Avenida Dom Pedro II.

A dupla tentou fugir pulando o muro das casa, mas um deles acabou detido e confessou que tinha acabado de roubar bijuterias e uma furadeira de uma casa e deixado a vítima amarrada.

A PM foi até o local e encontrou Airton Carlos Gerlin morto em um dos quartos, deitado no chão, amordaçado e com as mãos amarradas para trás. Na época, uma câmera de segurança flagrou os criminosos entrando e saindo da casa da vítima.

 
Câmera registra dupla entrando e saindo da casa de idoso encontrado morto e amarrado após assalto em Bariri — Foto: TV TEM/Reprodução

Câmera registra dupla entrando e saindo da casa de idoso encontrado morto e amarrado após assalto em Bariri — Foto: TV TEM/Reprodução

 

No dia seguinte, a equipe prendeu o segundo suspeito do crime, que tinha um mandado de prisão temporária e se apresentou na delegacia. Os dois continuam presos e são investigados por latrocínio.

Neste mesmo plantão, os policiais também prenderam a suspeita de matar a ex-mulher do atual companheiro com quatro tiros na frente da Santa Casa de Bariri.

 
Mulher foi assassinada a tiros na frente da Santa Casa de Bariri — Foto: Facebook/Reprodução

Mulher foi assassinada a tiros na frente da Santa Casa de Bariri — Foto: Facebook/Reprodução

Segundo a Polícia Militar, a vítima Taís Carla Mosconi foi levar o irmão ao pronto-socorro quando acabou se encontrando com a esposa do ex-marido, de 19 anos, e as duas começaram a discutir.

Ainda conforme a polícia, a jovem pegou um revólver e atirou cinco vezes contra Taís. Um dos tiros acertou o braço do rapaz com quem Taís tinha um relacionamento e a acompanhava no hospital no momento do ocorrido. Depois do crime, a jovem fugiu do local.

 
Arma foi apreendida com a suspeita, esposa do ex-marido da vítima — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Arma foi apreendida com a suspeita, esposa do ex-marido da vítima — Foto: Polícia Militar/Divulgação

 

Segundo a polícia, a vítima já tinha uma medida protetiva contra o ex-marido e uma testemunha do crime informou que o filho da mulher estava no carro com ela no momento do ocorrido.

A PM descobriu que a suspeita entrou em um ônibus intermunicipal com destino a Jaú. O veículo foi abordado na Rodovia Deputado Leônidas Pacheco Ferreira e a mulher foi presa em flagrante. Em seguida, o ex-marido da vítima também foi preso, depois de se apresentar na delegacia.

- Por G1 Bauru e Marília -  

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados