Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Polícia prende suspeitos de participação na morte de jovem encontrada carbonizada

Data: / 393 views
Polícia prende suspeitos de participação na morte de jovem encontrada carbonizada

Três suspeitos foram detidos na manhã desta sexta-feira (27) em Assis (SP) e as investigações sobre a motivação do crime continuam

Adolescente de 16 anos foi encontrada carbonizada em Assis (Foto: Reprodução/Facebook)

 

Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (27) três suspeitos de participarem do assassinato da adolescente de 16 anos encontrada com partes do corpo carbonizadas, em Assis (SP), na segunda-feira (23).

Ainda não há informações sobre as circunstâncias em que os suspeitos foram presos, mas a polícia informou que a investigação sobre a motivação do crime continua. Foram identificados quatro envolvidos, sendo dois homens e duas mulheres, um ainda está foragido.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Marcelo Armstrong Nunes, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), a suspeita é de que a motivação do crime seja passional. Os suspeitos ainda devem ouvidos.

O corpo de Fabiana Martins foi encontrado por moradores na Zona Rural de Assis, na via conhecida como Estrada da Pinga. A vítima foi reconhecida no IML pelo padrasto por meio de uma tatuagem no braço e uma pulseira.

Crime premeditado

Delegado Marcelo Armstrong Nunes, da DIG, aguarda laudo do IML para apontar as causas da morte (Foto: TV TEM/Reprodução)
 

Ainda de acordo com o delegado, há indícios de que Fabiana sofreu violência e pode ter morrido por estrangulamento. Além disso, a suspeita é de que o crime foi premeditado.

“Aparentemente, há sinais de agressão na face e existe a suspeita que ela possa ter sido estrangulada. Como havia um vasilhame com querosene ao lado do corpo, trabalhamos com a hipótese de crime premeditado, com planejamento”, explica.

O delegado ressalta, no entanto, que a investigação ainda aguarda o laudo necroscópico do Instituto Médico Legal (IML), que deve ser concluído em até 15 dias após a morte.

Fabiana Martins, de 16 anos, foi encontrada morta e com sinais aparentes de violência no rosto, diz a polícia (Foto: Reprodução/Facebook)

- Assis News - Publicado em  

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados