Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Policiais atendem pedido de pai e participam de festa de menino que sonha ser PM

Data: / 114 views
Policiais atendem pedido de pai e participam de festa de menino que sonha ser PM

Aniversário foi realizado na escola da criança em Pardinho (SP). Policiais fizeram uma surpresa para Luiz Felipe Alves, que completou 6 anos.

Policiais militares fizeram uma surpresa para Felipe e participaram da festinha de 6 anos dele em Pardinho (Foto: Carine Margarette Alves / Arquivo pessoal )

“Nem acreditei quando eles entraram na sala de aula com o bolo. Foi muito legal”, lembra Luiz Felipe Paixão Alves ao descrever a surpresa de dois policiais militares fizeram durante a festinha de aniversário de 6 anos na escola onde estuda em Pardinho (SP).

A mãe do menino conta que desde os 4 anos, Felipe fala do sonho de ser policial, tanto que ela conta que uma das vezes em que o menino ficou doente, com febre, só melhorou depois que ganhou um boné da PM.

“Ele gosta de tudo relacionado a polícia e também exército. A gente tem até alguns parentes policiais, mas isso é muito dele. A gente mora em frente a uma pracinha e quando os policiais passam aqui durante a ronda, eles cumprimentam ele, conversam e ele adora”, conta Carine Margarette Alves.

 
Festinha foi realizada na escola do menino, que faz parte da ronda escolar dos policiais em Pardinho  (Foto: Carine Margarette Alves / Arquivo pessoal )Festinha foi realizada na escola do menino, que faz parte da ronda escolar dos policiais em Pardinho (Foto: Carine Margarette Alves / Arquivo pessoal)
 

E um dos sonhos de Felipe era que os policiais participassem do aniversário dele. O pedido para a PM de Pardinho foi feito pelo pai. “Eu entrei em contato com eles e fiz esse pedido, que eles fossem na hora do ‘Parabéns’. Quando eles chegaram com o bolo, meu filho ficou muito emocionado”, explica Antônio Francisco Alves.

 
Policiais atendem pedido de pai e participam de aniversário de menino que sonha ser PMPoliciais atendem pedido de pai e participam de aniversário de menino que sonha ser PM

A presença dos policiais na festa foi autorizada pelos superiores dos policiais militares. Na escola, a atitude dos policiais acabou surpreendo todos. “O professor até assustou na hora, porque não falamos para ninguém porque não sabíamos se ia dar certo, porque não queríamos atrapalhar de jeito nenhum o trabalho deles. Mas, logo todas as crianças vieram e abraçaram os policiais”, completa o pai do menino.

Mas, com certeza maior surpresa foi mesmo para o pequeno Felipe que também teve a chance de conhecer a viatura da PM por dentro e já está pensando na festa do ano que vem.

 

“Meus amigos estavam falando que o bolo estava demorando muito, que não ia ter bolo, mas teve sim. Agora o ano que vem queria que fossem os bombeiros também.”

 

 
Felipe também pode conhecer a viatura por dentro depois da surpresa em Pardinho (Foto: Carine Margarette Alves / Arquivo pessoal )

Felipe também pode conhecer a viatura por dentro depois da surpresa em Pardinho (Foto: Carine Margarette Alves / Arquivo pessoal) 

 

Exemplo positivo

 

Em quase 28 anos de trabalho na PM, o cabo Isac Silva acredita que ações como essa são importantes para valorizar o trabalho dos policiais e também possibilitar que as crianças possam se espelhar na profissão.

“A gente não pode perder essa oportunidade de contato com as crianças. Têm muitos jovens sem rumo, nas drogas, e quando você tem a oportunidade de abraçar uma criança, também pode plantar uma sementinha ali, mudar a forma dela ver o mundo. É muito gratificante, é como salvar uma vida, você poder ter esse contanto com uma criança que sonha em ser policial e ela pode se espelhar, conhecer mais o nosso trabalho.”

E para a mãe do menino essa paixão pela profissão de policial já tem reflexos em alguns comportamentos dele. “Um dia ele estava brincando com uma amiguinha e ela estava de bicicleta e ele já deu um sinal de parada, dizendo que era policial e falou para ela: ‘vou te multar porque você está sem cinto’. Achei tão bonitinho, ele ter essa noção de cuidado, das regras”, conta Carine.

Felipe ainda tem um logo caminho pela frente para escolher a profissão, mas, por enquanto para o menino de 6 anos ser policial é o grande sonho e não falta coragem para isso.

 

“Eu não tenho medo não, quero ser policial e proteger a pessoas", afirma Felipe.

 

 
Felipe sonha em ser policial militar quando crescer  (Foto: Carine Margarette Alves / Arquivo pessoal )

Felipe sonha em ser policial militar quando crescer (Foto: Carine Margarette Alves / Arquivo pessoal)

- G1 Bauru e Marília - Por Mariana Bonora, G1 Bauru e Marília -  

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados