Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Queda de paraglider mata empresário

Data: / 1128 views
Queda de paraglider mata empresário

Homem, de 45 anos, chegou a ser socorrido e levado à Santa Casa de Lins, mas não resistiu aos ferimentos

ATUALIZADO

'Brincadeira que virou crime', diz amigo de empresário sobre cerol que pode ter derrubado paraglider

Fábio Henrique voava com o amigo até momentos antes do acidente em Lins. Polícia afirma ter fortes indícios de que linha de pipa com cortante foi a causa da queda.

Queda de paraglider mata empresário

O amigo do empresário que morreu na queda de um paraglider motorizado na última quarta-feira (13), em Lins (SP), diz não aceitar a possível causa da morte dele: uma linha com cerol.

Fábio Henrique voava junto com o Imerson Trevisi, de 45 anos, que morreu após seu equipamento cair no centro da cidade do Centro-Oeste Paulista.

A indiginação de Fábio é baseada principalmente no fato de que a Polícia Civil de Lins afirma já ter indícios suficientes para sustentar a tese de que o acidente foi provocado por uma linha de pipa com cerol, conhecida como “chilena”, de alto poder cortante.

 

“É inaceitável o que aconteceu, eu fico irritado. Apesar de tomarmos todos os cuidados, sempre vemos pessoas correndo riscos desnecessários em motos, por exemplo, com uma brincadeira que era infantil e que agora passou a ser um crime", disse.

 

 

 

Polícia investiga se linha com cerol causou queda de paraglider que matou empresário

queda de um paraglider motorizado nesta quarta-feira (13), que causou a morte de um empresário de 45 anos em Lins (SP), pode ter sido provocada por linha com cerol e chilena usadas em pipas. De acordo com o boletim de ocorrência, linhas desses tipos foram encontradas pela perícia técnica enroladas no equipamento. 

Ainda segundo as informações da polícia, o empresário Imerson Trevisi de Abreu sobrevoava a cidade junto com um amigo e, de acordo com ele, os dois viram as pipas e resolveram voltar por segurança.

O amigo conseguiu pousar, mas não viu mais Imerson. Testemunhas disseram à polícia que antes de cair, viram o paraglider girando. Segundo o Corpo de Bombeiros, que fez o resgate da vítima, o equipamento perdeu sustentação de repente e caiu.

 

Um empresário morreu depois de cair de paraglider no início da noite desta quarta-feira (13), em um bairro residencial de Lins (SP).

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, Imerson Trevisi de Abreu, de 45 anos, pilotava um paraglider motorizado quando o equipamento perdeu sustentação de repente e caiu. Ele sofreu múltiplas fraturas e chegou a ser levado à Santa Casa da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

 
Empresário de 45 anos morreu em queda de paraglider motorizado em Lins (Foto: Reprodução/Facebook)Empresário de 45 anos morreu em queda de paraglider motorizado em Lins (Foto: Reprodução/Facebook)

 

O paraglider e os equipamentos que eram usados por ele foram apreendidos para serem periciados. Ainda não há informações oficiais sobre o que causou a queda.

Imerson era dono de uma empresa de produtos agrícolas na cidade, era casado e tinha dois filhos. Ele deve ser enterrado nesta quinta-feira (14).

 
Paraglider motorizado foi apreendido pela polícia após acidente em Lins (Foto: J. Serafim/Arquivo pessoal)Paraglider motorizado foi apreendido pela polícia após acidente em Lins (Foto: J. Serafim/Arquivo pessoal)
 
- G1 Bauru e Marília - 14/12/2017
 
 
- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados