Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Senadora australiana apresenta proposta de lei enquanto amamenta

Data: / 286 views
Senadora australiana apresenta proposta de lei enquanto amamenta

Até o ano passado, o Parlamento da Austrália sequer permitia a presença de crianças

A senadora Larissa Waters fez história ao tornar-se a primeira mulher na Austrália a apresentar uma moção no Parlamento enquanto amamentava. Nesta quinta-feira, Waters aprovou uma proposta sobre uma grave doença pulmonar ao mesmo tempo que embalava a filha Alia Joy, de três meses.

“Pela primeira vez eu tive que apresentar uma moção no Senado enquanto amamentava”, escreveu Larissa no Twiteer.

First time I've had to move a Senate motion while breastfeeding! And my partner in crime moved her own motion just before mine, bless her

 

 

A pequena Alia tem frequentado a Câmara com sua mãe há pouco mais de um mês, que já havia chamado a atenção ao se tornar a primeira parlamentar a amamentar e cuidar de um bebê no local. “Tão orgulhosa de a minha filha Alia ser o primeiro bebê a ser amamentado no Parlamento. Nós precisamos de mais mulheres e pais no Parlamento”, declarou Waters no começo de Maio.

So proud that my daughter Alia is the first baby to be breastfed in the federal Parliament! We need more & parents in Parli

 

Até o ano passado, o Parlamento da Austrália sequer permitia a presença de crianças. Em 2009, outra senadora, Saraha Hanson-Young, chegou a ter sua filha, então com dois anos, tirada de seus braços aos prantos porque a sessão iria começar.

As regras do Senado foram alteradas em 2016 para permitir que as mulheres legisladoras possam cuidar de seus bebês na Câmara enquanto trabalham e Waters foi uma das parlamentares que lutou pela mudança. Antes disso, as lactantes tinham que votar por procuração.

No Brasil, a deputada Manuela D´Ávilla, do Partido do Comunista do Brasil do Rio Grande do Sul (PCdoB/RS), recebeu críticas e acabou protagonizando uma importante discussão sobre maternidade e os direitos das mulheres ao amamentar sua filha Laura, então com 11 meses, durante um debate em meados de 2016, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

- VEJA.com - Da redação - 22 jun 2017, 15h52

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados