Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Sucuri que levou 60 pontos após ser esfaqueada por comer galinha passa bem depois da 'cirurgia'

Data: / 294 views
Sucuri que levou 60 pontos após ser esfaqueada por comer galinha passa bem depois da 'cirurgia'

Animal foi atacado na Zona Rural de Bauru e autor do crime ambiental acabou multado em R$ 3 mil. Diretor do Zoo Municipal alerta para 'lendas' que provocam perseguição a cobras

cobra sucuri verde que foi esfaqueada após comer uma galinha em uma chácara na zona rural de Bauru (SP) levou 60 pontos e está sendo acompanhada pela equipe de veterinários do Zoológico Municipal.

O réptil macho com mais de 11 quilos e 2,7 metros de comprimento foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros na quinta-feira (18) com vários cortes provocados por faca, além da fratura de pelo menos cinco costelas.

 

A equipe do zoológico anestesiou o animal e fez vários curativos, além dos 60 pontos entre a musculatura e a pele.

“A cobra passou das primeiras 24 horas, acordou bem da anestesia e agora é só aguardar para ver como reage. Já está sendo tratada com medicamentos e acompanhada pela equipe”, explica o diretor do Zoo, Luiz Pires.

 

Na tarde desta sexta-feira (19), a Polícia Ambiental foi ao local do ataque e identificou o homem autor dos golpes na sucuri.

De acordo com o capitão Nílson César Pereira, comandante da Polícia Ambiental na região de Bauru, o homem foi autuado por crime ambiental e multado de forma administrativa em R$ 3 mil. Se o animal morrer, o valor da multa dobra.

Na âmbito criminal, o autor do ataque à sucuri também foi enquadrado por crime ambiental, que prevê de três meses a um ano de detenção, além de uma nova multa.

 
Réptil foi atendido pela equipe do zoológico de Bauru (Foto: Zoológico de Bauru/Divulgação )Réptil foi atendido pela equipe do zoológico de Bauru (Foto: Zoológico de Bauru/Divulgação)
 

“Cheia de lendas”

 

Apesar da sucuri não ser venenosa, o diretor do zoológico afirma que o medo que a cobra causa nas pessoas é lendário e por isso há vários casos de répteis mutilados e até queimados.

“Esse animal pode chegar a seis metros de comprimento e é cheio de lendas de que come seres humanos. Não há estudos que comprovam isso, mas mesmo assim são cobras muito atacadas”, explica Luiz Pires.

Além disso, o diretor do zoo ressalta que o animal “não tem culpa” de ter comido o frango. “Não podemos nunca esquecer que o animal estava em seu habitat natural e não tem como diferenciar um frango, uma ave doméstica, de suas presas noturnas.”

 
Cobra levou 60 pontos após ser esfaqueada  (Foto: Zoológico de Bauru/Divulgação )Cobra levou 60 pontos após ser esfaqueada (Foto: Zoológico de Bauru/Divulgação)
 
- G1 BAURU E MARÍLIA - 20/01/2018
- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados