Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Suspeito de raptar e estuprar mulher que saía de casa com o filho foi solto pela Justiça dois dias antes do crime

Data: / 484 views
Suspeito de raptar e estuprar mulher que saía de casa com o filho foi solto pela Justiça dois dias antes do crime

Homem de 26 anos passou por audiência em Votorantim na sexta-feira (24) por crime de furto. No domingo (26), ele abordou vítimas com uma facão; agressor foi novamente detido dias depois.

Vídeo mostra agressor momentos antes de raptar mulher e estuprá-la

 

homem de 26 anos suspeito de raptar e estuprar uma mulher de 34 anos quando ela saía com o filho de casa para comprar remédios, no bairro Icatu, em Votorantim (SP), havia sido solto pela Justiça dois dias antes do crime. As imagens de câmeras de segurança registraram os momentos antes do ataque, na noite de domingo (26) (Veja acima).

De acordo com a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Votorantim, o suspeito tem diversas passagens por furto, inclusive em flagrante. No último mandado, cumprido na sexta-feira (24) pela polícia, a condenação era de furto em regime aberto.

Neste caso, a polícia cumpriu o mandado e encaminhou o preso ao Fórum, onde ele passou por uma audiência admonitória - quando são estabelecidas condições para o cumprimento do regime aberto que, se não forem cumpridas, podem provocar a regressão - e solto.

Entretanto, dois depois de conseguir a liberdade, o rapaz esteve no bairro Icatu, por volta das 22h40, e rendeu a vítima dentro do carro dela.

O vídeo de um vizinho mostra quando ele aparece de moletom andando na via. Em seguida, aguarda no recuo de uma casa, mas sai quando a luz é acesa pelo sistema de segurança. A câmera de outro ângulo filma até o ponto onde não dá para ver a abordagem.

A vítima recebeu o G1 e contou que esperava o filho de 13 anos voltar ao veículo com as chaves quando o criminoso apareceu na janela com um facão, entrou no carro e aguardou o menino chegar para também rendê-lo.

 
Vítima reconheceu agressor por imagens de câmeras de segurança em Votorantim (Foto: Carlos Dias/G1)Vítima reconheceu agressor por imagens de câmeras de segurança em Votorantim (Foto: Carlos Dias/G1)
 

Horas de terror

Os dois ficaram horas no carro enquanto o rapaz dirigia por várias ruas da cidade. Segundo a vítima, ele passou por pontos de venda de drogas, usou cocaína e ingeriu bebida alcoólica.

Para não ser identificado nos locais que passava, o agressor pedia para a mulher dizer que era sua esposa enquanto o filho dela em determinado momento foi trancado no porta-malas. Por volta das 4h, ela foi levada para um matagal e violentada. O menino ainda estava trancado no veículo.

Como o combustível estava no fim, o carro parou próximo a um posto na Rua Campos Salles, em Sorocaba, onde a vítima conseguiu pedir ajuda. Ela foi encaminhada ao Hospital Regional de Sorocaba e medicada.

O rapaz foi reconhecido por policias dias depois do crime e teve a prisão temporária decretada. A vítima passou por exames que comprovaram o abuso.

 
Rapaz foi identificado depois de ação em loja de roupas em Votorantim (Foto: Arquivo pessoal)Rapaz foi identificado depois de ação em loja de roupas em Votorantim (Foto: Arquivo pessoal)
 
Por Carlos Dias, G1 Sorocaba e Jundiaí - 
- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados