Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

USP recebe ameaça de suposto atirador contra alunos e empregados

Data: / 129 views
USP recebe ameaça de suposto atirador contra alunos e empregados

Carta chegou à secretaria do curso de letras nesta segunda (4). Guarda Universitária e PM foram acionadas

A secretaria do curso de letras da Universidade de São Paulo (USP) recebeu nesta segunda (4) uma mensagem, via e-mail, de um suposto atirador que ameaçou abrir fogo contra alunos e funcionários da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH).

Foi registrado um boletim de ocorrência no 93ºDP (Jaguaré). Há suspeitas preliminares de que o autor da mensagem seja ligado a fóruns e comunidades neonazistas na internet.

O rapaz se identifica como Murilo Ianelli Chaves e faz referência a um episódio anterior – “juntaram doze para bater em um jovem do movimento integralista“. Na última quarta (29), o presidente da Frente Integralista Brasileira, Victor Emanuel Barbuy, foi expulso aos gritos de “fascista” por estudantes. Ele era convidado de um simpósio realizado pelo departamento de letras. A ação foi registrada em vídeos nas redes sociais.

“Eu vou aparecer hoje na segunda-feira, último dia de aula, com uma touca ninja e duas pistolas 9mm que eu comprei na favela São Remo [vizinha à Cidade Universitária], e vou entrar atirando para matar o maior número de viados (sic), travestis, esquerdistas e feministas que aparecerem na minha frente“, diz o texto. Ele afirma ainda que vai “jogar ácido sulfúrico” em uma funcionária do setor e cita o Estado Islâmico no fim da mensagem.

(Reprodução/Veja SP)

Em nota, a direção da FFLCH afirmou que o caso foi encaminhado ao departamento de segurança da USP e que nenhuma aula ou atividade será suspensa – apesar disso, há relatos de professores que cancelaram classes neste segunda (4). O comunicado informa ainda que a identidade do autor do texto já foi confirmada pela polícia.

Leia na íntegra:

“A Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas repudia toda e qualquer forma de violência e reafirma o seu compromisso com o pluralismo e o livre debate das ideias. Neste sentido, a Faculdade considera inaceitável a ocorrência de episódios que violam o direito à livre expressão, e se posiciona contrária aos acontecimentos crescentemente recorrentes na sociedade brasileira.

A Direção da Faculdade informa que, diante da ameaça de agressão a sua comunidade encaminhada por e-mail nesta data, relatou o episódio imediatamente à Superintendência de Segurança da USP. Este Órgão acionou as autoridades policiais, que já identificaram o autor da mensagem e tomaram as providências cabíveis para garantir o funcionamento normal de todas as atividades acadêmicas.”

VEJA SP - Por Thaís Oliveira - 4 dez 2017, 17h41

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados