Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Veado é flagrado nadando no meio do Rio Paraná ao fugir de incêndio em ilha

Data: / 110 views
Veado é flagrado nadando no meio do Rio Paraná ao fugir de incêndio em ilha

Registro foi feito por pescador na região de Castilho (SP). Ilha pegou fogo no fim de semana e incêndio durou três dias.

Um pescador registrou uma cena de desespero de animais tentando fugir de uma ilha que pegou fogo no Rio Paraná, em Castilho (SP), na divisa entre os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

No vídeo, que foi enviado para a reportagem da TV TEM, é possível ver um veado nadando no meio do Rio Paraná. A cena foi registrada na terça-feira (13).

Em outro vídeo dá para ver também outro animal, aparentemente um veado também, correndo pela mata. (veja vídeo abaixo)

O incêndio começou no fim de semana e nesta quarta-feira (14) os bombeiros fizeram um monitoramento na Ilha Comprida. Segundo a corporação, as chamas foram controladas.

“A princípio identificamos apenas fumaça, sem focos grandes de incêndio, mas vamos percorrer toda a ilha para ver se tem algum foco”, afirma o tenente coronel Leandro Arruda.

 
Incêndio atinge área verde de ilha no Rio Paraná na região de Castilho

Incêndio atinge área verde de ilha no Rio Paraná na região de Castilho

Segundo os frequentadores da região, o fogo começou no fim de semana. Por causa do vento e da vegetação seca, as chamas se alastraram com facilidade. Ainda não se sabe as causas do incêndio.

 

Ilha

 

A Ilha Comprida, que já foi habitada, era distrito de Três Lagoas (MS). Ela fica no meio do Rio Paraná, na divisa com o Estado de São Paulo, em um trecho que faz parte do reservatório da hidrelétrica de Porto Primavera.

 
Fogo destruiu boa parte da Ilha Comprida, que fica no Rio Paraná — Foto: Reprodução/TV TEM

Fogo destruiu boa parte da Ilha Comprida, que fica no Rio Paraná — Foto: Reprodução/TV TEM

A área é uma RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) e pertence a concessionária da usina. Sem moradores há quase 20 anos, a ilha é refúgio de várias espécies de aves, répteis e mamíferos.

A Cesp, concessionária da hidrelétrica mais próxima dessa ilha, disse que vai mandar equipes para a ilha para avaliar esse estrago.

 
Fumaça na ilha dá para ser vista de longe no Rio Paraná — Foto: Reprodução/TV TEM

Fumaça na ilha dá para ser vista de longe no Rio Paraná — Foto: Reprodução/TV TEM

- Por G1 Rio Preto e Araçatuba -  

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados