Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Vem Passarinhar Sampa: projeto promove observação de aves em parques da cidade

Data: / 788 views
Vem Passarinhar Sampa: projeto promove observação de aves em parques da cidade

O evento mensal é gratuito, conta com acompanhamento de biólogos e até empréstimo de binóculos

A fim de promover a cidadania, por meio do uso e contato com os parques municipais de São Paulo, introduzir as pessoas à observação de aves e à ciência cidadã, criar conexões com a natureza e reforçar a importância da conservação dos pássaros livres, foi criado o projeto: Vem Passarinhar Sampa.

Realizado mensalmente, o evento foi organizado pela Divisão da Fauna Silvestre (DFS) da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, em parceria com a ONG SAVE Brasil. Desde então, o sucesso tem sido grande entre os amantes de aves na capital paulista, que conta com 107 parques municipais urbanos e 6 lineares.

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, em 2023, os 12 eventos contaram com a participação total de mais de 670 pessoas, sendo que a edição realizada no mês de janeiro na RPPN Sítio Curucutu foi a mais concorrida, com 99 participantes.

A primeira edição do Vem Passarinhar Sampa - 2024 aconteceu no dia 20 de janeiro, no Parque Nascentes do Ribeirão Colônia, Jardim Novo Parelheiros, na Zona Sul. O projeto para observação da avifauna da capital nos parques municipais é gratuito, conta com monitoria de biólogos e até mesmo empréstimo de binóculos.

Durante o evento, também são apresentadas ferramentas gratuitas para que os voluntários possam contribuir com registros para compor o Inventário da Fauna Silvestre do Município de São Paulo.

Além da realização de listas no e-Bird (aplicativo que conta com um banco de dados on-line de observações de aves fornecendo dados em tempo real sobre a distribuição e a abundância de aves).

infografico-vem-passarinhar.

 

Como participar do Vem Passarinhar Sampa?

Ficou interessado no projeto? Para participar do evento, é simples! Basta preencher o formulário neste link. Depois, cadastrar-se no e-Bird para inserir quais foram as aves identificadas no evento. O registro pode ser feito após ver ou ouvir os pássaros, sem a necessidade de um nú- mero mínimo de espécies ou fotos.

Vale citar que, a fim de facilitar ainda mais o acesso dos participantes, é oferecido transporte gratuito de van ida e volta (sujeito à lotação), partindo sempre de alguma estação de transporte público.

DIÁRIO DE SÃO PAULO - Vitória Tedeschi - Atializado

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados