Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Viajar em família é ótimo remédio para saúde, sugerem especialistas

Data: / 245 views
Viajar em família é ótimo remédio para saúde, sugerem especialistas

Assim como praticar atividade física e manter uma alimentação saudável, conhecer novos lugares traz incontáveis benefícios

São Paulo – Todo mundo sabe que comer bem e praticar exercícios são premissas fundamentais para uma vida saudável. O que muita gente não imagina é que viajar em família também pode ser um remédio eficaz para a saúde.

De acordo com um levantamento do AlugueTemporada, marca brasileira da HomeAway, – conduzido pela psicopedagoga Maria Helena Bartholo e pelo pediatra Daniel Becker -, 90% das pessoas acreditam que viajar em família é investir antes de tudo em bem-estar.

A pesquisa ouviu mais de 2.250 pessoas e, para a maioria delas, planejar uma viagem é prática tão necessária quanto fazer esportes e cuidar da alimentação. 93% dos viajantes inclusive acham que as viagens têm o poder de aproximar ainda mais as famílias.

Segundo Maria Helena, especialista em relações familiares, as agendas intensas dos pais e dos filhos pedem uma pausa. “As famílias que conseguem viajar juntas se reabastecem física e emocionalmente. Os problemas e o estresse oriundos de uma rotina puxada desaparecem nas férias”, afirma a psicopedagoga.

Viajar significa conhecer novos lugares e culturas, conviver mais com a natureza, caminhar mais, brincar mais e respirar ar puro, explica o pediatra Daniel Becker. Para ele, tudo isso traz benefícios importantes. “O convívio e o afeto também são fatores que beneficiam especialmente as crianças na sua saúde física e mental”.

Não é à toa que 84% dos entrevistados concordam que as viagens servem para deixar de lado a rotina e as obrigações em prol de viver momentos únicos em família. A maioria das pessoas até mesmo abre mão de outras atividades de lazer, como comer fora e ir ao cinema, a fim de economizar para uma viagem, segundo o levantamento.

Um passeio de fim de semana já é válido para promover bem-estar entre pais e filhos. De acordo com Maria Helena, o sábado e o domingo deveriam ser sagrados. “Viagens curtas trazem muitos benefícios para as relações familiares. Uma rápida fuga geográfica ajuda a recarregar as baterias e a alimentar os vínculos”.

Planejamento

A escolha do destino é outro fator importante e o próprio planejamento em si já pode ser prazeroso e benéfico. Becker explica que incorporados a este momento, os filhos se beneficiam do entendimento da viagem como uma atividade de grupo, se sentem incluídos como membros da família, aprendem a participar de um processo de decisão coletiva – habilidades importantes para o seu futuro.

O pediatra não faz ressalvas sobre o tipo de viagem e o destino. Para ele, crianças podem aproveitar todos os lugares dentro e fora do Brasil. É claro que os pequenos curtem melhor viagens mais tranquilas, em que se estabelece o lugar de pouso como base para trajetos e passeios. Saiba mais: Conheça com a Copastur Prime 7 hotéis incríveis para se hospedar no nordeste brasileiro Patrocinado 

“Quando a gente lembra da infância, as memórias das viagens são em geral as mais vivas na nossa lembrança. Essas memórias, junto com outros momentos e outros tipos de convívio e interação, constroem quem nós somos e como vivemos no mundo”, conclui o especialista.

- EXAME - Por Daniela Barbosa

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados