Viva Marilia | Viva Marília é a simplicidade através de conteúdos que façam a diferença na vida daqueles que dedicam seu precioso tempo para nos ler.

Scarlett Johansson: Confira os melhores filmes da estrela de Viúva Negra

Data: / 132 views
Scarlett Johansson: Confira os melhores filmes da estrela de Viúva Negra

Papéis em Jojo Rabbit e História de um Casamento renderam ainda mais aclamação para a atriz.

Com a estreia de Viúva Negra se aproximando, fica difícil não reconhecer Scarlett Johansson como uma das principais atrizes da atualidade. Por ser extremamente versátil, a estrela vem adquirindo respeito em diversos gêneros do cinema.

O resultado de tanto esforço ficou evidente quando ela se tornou a oitava mulher na história a conseguir indicações de Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante na mesma edição do Oscar. De dramas familiares à produções blockbusters da Marvel, Scarlett continua se mantendo relevante em todos os seus projetos.

Por isso, o AdoroCinema decidiu preparar um ranking com os melhores filmes dela. Já avisamos que a tarefa não foi nada fácil. Veja a seguir:

17 - O DIÁRIO DE UMA BABÁ (2006)

Antes de se tornarem a Viúva Negra e o Capitão América, Scarlett Johansson e Chris Evans levavam uma vida menos glamourosa nesta comédia romântica. Ela interpreta uma babá, vítima de duas crianças malcriadas e da mãe autoritária das duas pestinhas. Ele aparece como o vizinho bondoso, que enxerga potencial na moça e tenta fazer com que ela desista dessa carreira. O Diário de uma Babá é simples e tem lá seus clichês, mas conquistou diversos fãs na época em que os dois protagonistas ainda não eram as estrelas que se tornaram alguns anos mais tarde.

16 - SOB A PELE (2013)

No papel, a ideia não parecia nada boa. Uma alienígena que percorre as ruas da Escócia seduzindo e destruindo homens? Pois a corajosa Scarlett Johansson aceitou o desafio e participou da estranha filmagem comandada por Jonathan Glazer. As imagens contêm cenas de nu frontal, mas o que realmente chamou a atenção foi a composição comovente da atriz para a personagem. Confira a crítica do AdoroCinema.

15 - A ILHA (2004)

Esta história se passa no futuro, quando os seres humanos são clonados para terem uma reserva de órgãos e partes do corpo, caso desenvolvam problemas de saúde. Ewan McGregor descobre essa dura realidade quando o seu amigo é morto pelo sistema, e logo tenta impedir que Scarlett Johansson sofra o mesmo destino. Os críticos torceram o nariz para as imagens sempre frenéticas do diretor Michael Bay, mas muitos fãs de ficção científica se identificaram com a mensagem do filme.

14 - DÁLIA NEGRA (2006)

Um verdadeiro filme noir dos anos 2000. Em Dália Negra, o diretor Brian de Palma tentou atualizar o gênero repleto de homens perigosos, mulheres fatais e corrupção por todos os lados. Scarlett Johansson tem um papel pequeno na história, como a namorada do investigador Lee Blanchart, que deve lidar com a obsessão do namorado pela garota morta.

13 - A OUTRA (2008)

Scarlett Johansson capricha no sotaque britânico e no olhar de inocente neste drama de época, dirigido por Justin Chadwick. Ela interpreta Mary Boleyn, garota que recebe a tarefa ingrata de seduzir o rei da Inglaterra (Eric Bana), para melhorar a situação de sua família. Mas a ambiciosa e manipuladora irmã Anne (Natalie Portman) quer ser a primeira a conquistar o coração e a cama do rei. Surge uma grande rivalidade entre as duas, que ultrapassa os laços familiares.

12 - O GRANDE TRUQUE (2006)

Falando em filmes de época e em grandes rivalidades, esta história se passa no século XIX, quando dois grandes mágicos competem pela criação do truque mais impressionante. Alfred (Christian Bale) e Robert (Hugh Jackman) acabam sabotando os números um do outro, até a disputa se tornar uma perigosa obsessão. A direção é de Christopher Nolan, de A Origem e da trilogia Cavaleiro das Trevas

11 - GHOST WORLD - APRENDENDO A VIVER (2001)

Em 2001, a adolescente Scarlett Johansson já participava de uma adaptação dos quadrinhos neste filme cult sobre duas amigas que devem lidar com a chatice da vida adulta. As duas saem da escola cheia de expectativas, mas encontram apenas rapazes pouco interessantes e empregos mal remunerados... Thora Birch tem o papel de destaque como a insolente Enid, mas Johansson já mostra o seu talento no papel de Rebecca.

10 - O HOMEM QUE NÃO ESTAVA LÁ (2001)

A propósito da jovem Scarlett Johansson, a atriz teve uma grande oportunidade em sua carreira aos 17 anos, quando foi dirigida pelos talentosos irmãos Coen. Birdy, sua personagem neste drama, aparece pouco durante o filme, mas as suas ações são decisivas na trajetória de Ed Crane, barbeiro que se envolve em um assassinato. Johansson já demonstra a mistura de delicadeza e sedução que se tornaram a sua marca registrada anos mais tarde.

9 - MOÇA COM BRINCO DE PÉROLA (2003)

Neste drama de época, Scarlett Johansson combina mais uma vez a sedução e a ingenuidade para compor a personagem Griet, uma camponesa empregada na casa do famoso pintor Johannes Vermeer. Embora seja tímida, ela acaba despertando a atenção do mestre, que faz dela a musa de seus mais famosos quadros. As imagens são lindas, reproduzindo a iluminação das pinturas de Vermeer, e o filme acabou despertando a atenção da academia americana, recebendo três indicações ao Oscar.

8 - VICKY CRISTINA BARCELONA (2008)

Durante alguns anos, Scarlett Johansson foi a musa de Woody Allen, trabalhando em três filmes do diretor. Talvez o mais famoso dele tenha sido esta comédia dramática, passada na Espanha. Na trama, Cristina (Johansson) é uma garota impulsiva e espirituosa, que cai no charme do pintor Juan Antonio (Javier Bardem). O problema é que sua grande amiga Vicky (Rebecca Hall) também está interessada no artista, e ele mesmo ainda tem problemas com a ex-esposa possessiva (Penélope Cruz). O filme é leve e tem várias cenas que surpreenderam os espectadores, como o beijo entre Johansson e Penélope Cruz.

7 - PONTO FINAL - MATCH POINT (2005)

Ainda com Woody Allen, Scarlett Johansson se arriscou em terrenos mais sombrios em Ponto Final - Match Point. Como nos melhores filmes do diretor, a trama satiriza os ricos, representados pelo tenista profissional Chris (Jonathan Rhys Meyers). Ele está prestes a se casar com uma mulher igualmente rica, mas começa a ter um caso com a possessiva Nola (Johansson). Desta vez, nada de inocência: a atriz está bem à vontade no papel da mulher obsessiva e perigosa.

6 - CAPITÃO AMÉRICA 2 - O SOLDADO INVERNAL (2014)

Como não citar a Viúva Negra? Este é provavelmente o papel mais famoso da carreira de Scarlett Johansson, provando que a atriz pode ser se sair muito bem nas cenas de ação. Este ótimo filme deu grande espaço à personagem, que combate vários homens sozinha, além de ajudar Steve Rogers (Chris Evans) nos momentos mais importantes da trama.

Viúva Negra: Diretora faz relevação surpreendente sobre o filme

5. JOJO RABBIT (2019)

Ao interpretar Rosie em Jojo Rabbit, Scarlett Johansson uniu vulnerabilidade e força no mesmo papel. A mãe do protagonista é uma mulher fiel aos seus valores, e está disposta a enfrentar as piores adversidades para defender o que é certo. Porém, assim como qualquer um de nós, ela também demonstra estar angustiada em relação ao futuro. E para a surpresa de zero pessoas, a atriz conseguiu balancear todos estes aspectos com maestria.

4 - VINGADORES: ULTIMATO (2019)

Em Vingadores - Ultimato, Scarlett conquistou o seu maior tempo de tela como Viúva Negra. O seu arco na história é essencial para a resolução dos problemas, e ao mesmo tempo, triste para os fãs da personagem. Entretanto, é revigorante assistir a atriz dominar complexas sequências de ação,sempre demonstrando confiança, entusiasmo e uma qualidade de estrela que nos deixa presos à história.

Vingadores: Quais são os próximos projetos do elenco fora da Marvel?

3 - ENCONTROS E DESENCONTROS (2003)

Este é um filme lindíssimo, provavelmente o melhor da diretora Sofia Coppola, e um dos melhores da carreira de Scarlett Johansson. A história mostra dois solitários no Japão: Charlotte (Johansson), a esposa de um fotógrafo, e o ator Bob Harris (Bill Murray), que viaja para fazer uma propaganda de uísque. A solidão da cidade grande é retratada com riqueza de detalhes, e a amizade entre os personagens é de uma delicadeza incrível. Um desses filmes para não tirar da cabeça tão cedo.

2 - ELA (2013)

Como assim, o segundo melhor filme de Scarlett Johansson é uma história em que ela não aparece? Pois é. Mas este não é um problema, pelo contrário: a atriz prova que é capaz de construir uma personagem comovente e complexa apenas com a sua voz tão característica. Ela interpreta um sistema operacional inteligente, apelidado de Samantha, que se relaciona com o solitário Theodore (Joaquin Phoenix). Esse namoro entre o homem e uma máquina é mais real do que muitas comédias românticas por aí, e também uma das obras mais sensíveis dos últimos anos. Com este filme, Johansson provou que é capaz de interpretar os personagens mais inusitados no cinema.

1 - HISTÓRIA DE UM CASAMENTO (2020)

Nicole é um personagem repleto de nuances, e são em pequenos detalhes que percebemos o seu sofrimento. Logo nos primeiros minutos de exibição, descobrimos o quanto a ruína de sua rotina com Charlie (Adam Driver) lhe traz melancolia.

Entretanto, com o passar do tempo, percebemos que o fim da relação provoca autodescoberta em Nicole. Ela aprende que se anulou durante anos, e colocou os próprios desejos em segundo plano. Agora, é hora de abraçar a si mesma. Mas assim como na vida, nossa trajetória não para enquanto nos redescobrimos. Normalmente, as epifanias ocorrem durante o caos, e precisamos literalmente equilibrar os pratos.

Parece complexo, e realmente é. Porém, a nossa Scarlett conseguiu simular todas essas experiências puramente humanas, e como resultado, foi indicada ao Oscar pelo melhor papel de sua carreira, se reafirmando como uma das melhores atrizes da atualidade.

- ADORO CINEMA - Por Bruno Carmelo, com a colaboração de Vitória Pratini - 14/07/2020

- Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social.

Veja Também: Artigos Relacionados